Nexus 4 está esgotado no mundo inteiro; Google e LG se acusam

Nexus 4 está esgotado no mundo inteiro; Google e LG se acusam

Para tentar justificar a ausência do aparelho no mercado, as empresas culpam uma a outra de falta por falta de diálogo e problemas de logística

O smartphone Nexus 4, criado pelo Google em parceria com a LG, está esgotado na loja virtual Google Play e em fornecedores oficiais como a empresa T-Mobile, nos Estados Unidos. Para tentar justificar a ausência do aparelho no mercado, as empresas culpam uma a outra de falta por falta de diálogo e problemas de logística.

O diretor administrativo do Google no Reino Unido, Dan Cobley, informou em comentários recentes que os ?suprimentos do fabricante (no caso, a LG) estão escassos e irregulares?. A mensagem, postada no dia 15 de dezembro, ainda deixava claro que as companhias não estavam se entendendo. ?Nossas comunicações com eles têm falhado?, afirmou.

No entanto, a LG tem outra versão da mesma história. No dia 15 de janeiro, a empresa informou em uma publicação coreana chamada Chosun Biz que ?não está com problemas nos estoques?. A fabricante completou que, atualmente, está conseguindo produzir Nexus 4 de forma regular, o que sugere que a ausência do produto nas lojas seja culpa do Google.

Alguns sites especializados, estranhando a ausência do produto nas lojas, chegaram a afirmar que a fabricação do Nexus foi interrompida para a chegada de um suposto Nexus 5 em breve. O diretor da divisão francesa da LG, Cathy Rubin, porém, afirma que o modelo não foi descontinuado, e terá um aumento na fabricação nos próximos meses.

Esta não é a primeira vez que o modelo sofre com questões de distribuição. Lançado em 13 de novembro de 2012, o produto esgotou na loja oficial do Google em apenas uma hora, só voltando a ser vendido no dia 27, depois de duas semanas.

Apesar de estar esgotado em diversos locais, há expectativa de que o aparelho chegue ao Brasil em breve. O smartphone foi homologado pela Anatel no ano passado, após a LG afirmar que não estava poupando esforços para trazê-lo ao país. Ainda não foram confirmados datas ou preços.

Fonte: tech tudo