Novo MacBook Pro deve ser lançado com entrada Light Peak

Novo MacBook Pro deve ser lançado com entrada Light Peak

A nova linha trará a nova porta e promete deixar o USB 3.0 ultrapassado

Se tem uma coisa que a Apple faz bem é em ditar os rumos do mercado. Foi assim quando a empresa lançou o primeiro iMac sem suporte a disquete em 1998, pois não demorou muito e o velho dispositivo de armazenamento se tornou obsoleto. Recentemente Steve Jobs foi ainda mais ousado: decretou o fim das mídias ópticas como CD, DVD, e até mesmo o Blu-ray.

Ao que tudo indica, o novo passo da companhia de Cupertino é popularizar a entrada Light Peak, da aliada Intel. Segundo rumores, uma nova linha de MacBooks Pro, que deve ser lançada esta semana, trará a nova porta e promete deixar o USB 3.0 ultrapassado. Além da Apple, a Sony também já anunciou novos computadores com Light Peak.

Mas não pense que o apoio da Apple e Sony a nova tecnologia da Intel é apenas estratégia de mercado. O Light Peak possui características técnicas superiores ao USB 3.0, como taxa de transferência de até 10 Gbps e potencial de chegar a 100 Gbps em 2020. A Intel também é ambiciosa: ser um substituto universal para as portas SCSI, SATA, USB, FireWire e PCI Express. Proposta interessante, não?

Outros boatos dão ainda mais sustentação ao rumor do iMac com a nova porta. A foto de um provável fundo para o iPad 2 vazou na web recentemente, e traz uma entrada misteriosa. Segundo informações, a tal porta é uma Light Peak. Portanto, além de uma câmera, a próxima geração do tablet da Apple deixará o USB de lado e ganhará uma porta LP.

Se a nova tecnologia da Intel equipará os produtos da Apple ou não, só saberemos quando Steve Jobs subir ao palco e finalmente anunciar os novos MacBooks e o iPad 2. Por enquanto, qualquer informação acerca da nova linha de produtos da maça não passa de rumores.

Fonte: Globo, www.globo.com