Novo minicomputador projeta tela "direto" ao olho do ser humano

Chamado de Tele Scouter, aparelho da NEC pesa 430g, funciona preso à cabeça e custa US$ 5.200.

A fabricante NEC anunciou hoje, 18/10, que venderá um minicomputador com uma tela que funciona conectada à cabeça do usuários. Ela projeta sua imagem no olho humano.



Chamado de Tele Scouter, o equipamento será inicialmente direcionado para trabalhadores de fábricas e outras instalações industriais, e depois expandido para aplicações de entretenimento e realidade aumentada no futuro, segundo a companhia.

O computador tem a espessura aproximada de um livro e pode ser usado preso em um cinto, enquanto que a tela é colocada em uma armação de óculos para que a imagem possa ser vista ao lado do mundo real.

A tela, desenvolvida pela empresa japonesa Brother e chamada de ?AIRScouter?, usa um pequeno projetor para enviar as imagens ao olho humano. Os usuários visualizam essas cenas "pensadas" como se estivessem vendo uma tela de 16 polegadas, com resolução 800x600 pixels, a um metro de distância.

Como as imagens só ocupam uma parte do campo de visão dos usuários, a NEC afirmou que tem como alvo aplicativos nos quais os trabalhadores possam usar o aparelho para visualizar manuais de instrução ou outras imagens enquanto trabalham.

O headset ainda é equipado com uma câmera e um microfone, e a NEC também comercializará um pacote de software que permite que os supervisores acessem um centro de controle remoto para compartilhar imagens e conversar com seus funcionários via conexão Wi-Fi.

O pequeno computador roda uma versão do Windows CE para aparelhos com um processador ARM de 500 MHz. O pacote completo pesa cerca de 400 g e aguenta rodar por mais de 4 horas com uma carga de bateria.

A NEC afirmou que o produto começa a ser vendido um dia depois do Natal, 26/12, com um preço de 5.200 dólares (400 mil ienes) por unidade. Já o programa com o sistema de controle sairá por salgados 26 mil dólares (1.990.000 ienes).

O sistema é um upgrade em relação a um minicomputador parecido, porém maior, anunciado pela NEC em 2009.

Fonte: Uol-idgnow