Novo sistema da Dolby promete revolucionar áudio dos cinemas

Novo sistema da Dolby promete revolucionar áudio dos cinemas

Para fazer uso da tecnologia, os novos filmes terão de ser produzidos e trabalhados nos 128 canais.

Não contentes com os atuais padrões de áudio, os técnicos da Dolby Laboratories resolveram criaram uma tecnologia muito melhor. Seu nome é Atmos, e ela faz uso de 128 canais de som ambiente (o melhor home-theather do mercado tem apenas oito) para reproduzir uma sensação sonora de áudio vindo de todos os lugares, ao mesmo tempo. A novidade foi revelada na CinemaCon, evento que reúne empresas que desenvolvem tecnologia para o ramo cinematográfico.

Algumas novas possibilidades desta tecnologia prometem tornar a experiência de assistir filmes ainda mais interessante. Por exemplo: o som de um trovão poderá vir exclusivamente da parte superior da sala de cinema, aprimorando a sensação de espaço e imersão no filme. Já os barulhos de passos serão percebidos como se o som estivesse sendo produzido na própria sala de cinema. Imagine como seria assistir um filme de terror com simulações como esta.

A capacidade de reproduzir som em tantos canais do Atmos será inaugurada nas salas de cinema, e a custos relativamente baixos. Além disso, a Dolby também garante que mesmo salas antigas poderão receber o novo padrão, bastando, para isso, a instalação de novos alto-falantes e alguns outros acertos no espaço.

A tecnologia investe em duas mudanças (comparado ao padrão atual). Primeiro, na estrutura física: novos altofalantes são espalhados pelo espaço da sala de cinema, tanto no meio, como em cima e na parte posterior da sala. Na outra frente, algoritmos melhorados renderizarão o som com mais cuidado e precisão, deixando ele mais próximo do áudio natural e cobrindo frequências graves e agudas com a mesma qualidade.

Para fazer uso da tecnologia, os novos filmes terão de ser produzidos e trabalhados nos 128 canais. Nada impedirá que as salas com Atmos rodem filmes em 5.1 e 7.1 canais, claro, e os filmes criados com o Atmos também rodarão tranquilamente em salas como as de hoje, com "modestos" 5.1 ou 7.1 canais.

No futuro, a Dolby garante que está tecnologia também estará presente nos home-theaters.

Fonte: techtudo.com