Oi se torna 1ª operadora do Brasil a conectar 100% dos estados com fibra

A chegada da fibra ótica à capital do Amapá foi viabilizada graças a parcerias da Oi com o Governo do Estado do Amapá


Oi se torna primeira operadora do Brasil a conectar 100% dos estados com fibra

MACAPÁ - A operadora Oi e o governo do Amapá inauguraram nesta segunda-feira a rede de fibra ótica que passa a fornecer internet em banda larga em alta velocidade a preços mais baixos para o estado. A ativação da rede da Oi foi realizada em cerimônia no Teatro das Bacabeiras, com a presença do governador do Amapá, Camilo Capiberibe, e do diretor de Política Regulatória e Setorial da Oi, Carlos Cidade.

Segundo comunicado de imprensa da Oi, a inauguração da rede de fibra ótica no Amapá faz da operadora a primeira operadora no Brasil com rede de fibra ótica que cobre 100% dos estados brasileiros. A rede de fibra ótica da Oi, presente em mais de 4.850 municípios, conecta clientes desde o Chuí, no Rio Grande do Sul, ao Oiapoque, na fronteira do Amapá com a Guiana Francesa.

A chegada da fibra ótica à capital do Amapá foi viabilizada graças a parcerias da Oi com o Governo do Estado do Amapá, com a Eletronorte, com a Guyacom e com a Telebras.

Para comemorar o lançamento, a Oi, que é patrocinadora da Copa do Mundo FIFA 2014?, lança no Amapá também nesta segunda-feira a promoção ?Oi, eu tô na Copa?, que oferece para novos clientes banda larga por R$ 29,90 mensais até o fim do mundial de futebol. O valor promocional é válido até 31/7/2014 para quem tem ou contratar Oi Fixo. Na contratação da banda larga, novos clientes ainda podem participar de sorteios de ingressos para ver os jogos da Copa (mais informações em www.oi.com.br/sorteio).

Impulso na medicina

O fornecimento de internet banda larga permite a conexão de qualidade do serviço de telemedicina que une o Hospital de Emergência de Macapá ao Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. O serviço foi viabilizado graças a uma parceria da Oi com a PT Inovação. A PT Inovação desenvolveu o Medigraf, solução integrada de comunicação e colaboração de suporte a consultas médicas à distância, que atende o Hospital de Emergência de Macapá desde o início deste mês, e a Oi disponibiliza o link de dados que conecta o HE, no Amapá, ao Einstein, em São Paulo.

Com o Medigraf, médicos do Einstein, unidade de referência na América Latina, podem realizar diagnósticos de exames de pacientes atendidos no Hospital de Emergência, dentro do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), do Ministério da Saúde, que realiza parcerias de unidades do SUS com hospitais de excelência reconhecida, por meio da transferência de tecnologia e experiências de gestão.

Rede com mais de 800 quilômetros de extensão

O fornecimento de internet banda larga por fibra ótica é feito por meio de uma rede de mais de 800 quilômetros, no Amapá e na Guiana Francesa. Deste total, 400 quilômetros fazem parte de uma rede da Eletronorte, já existente no Amapá, gerenciada pela Oi. Além disso, a Oi construiu um trecho novo de rede de fibra ótica com 250 quilômetros, entre Calçoene e Oiapoque, município no ponto mais extremo ao norte do território brasileiro. Na ocasião, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, compareceu ao lançamento das obras.

A partir de Oiapoque, a transmissão é feita pelo território da Guiana Francesa, por cerca de 200 quilômetros, até Cayenne, por uma conexão com a rede de fibra ótica da Guyacom ? este trecho, também novo, foi construído pela Oi em parceria com a Guyacom. A rede continua por cabo submarino até Fortaleza, consolidando assim a ligação da fibra de Macapá e demais localidades do estado do Amapá à rede brasileira de telecomunicações.

Para realizar a obra, a Oi e a Guyacom tiveram de superar o desafio de engenharia de implantar uma rede de telecomunicações que atravessou uma área de floresta na região amazônica. Os técnicos tiveram de enfrentar adversidades geográficas e intempéries climáticas nas obras de implantação da fibra. As particularidades do trabalho em região de floresta incluíram dificuldades provocadas pelas chuvas e os cuidados com a preservação do meio ambiente, ao mesmo tempo em que eram instalados os postes necessários para a colocação da rede aérea de cabos de fibra ótica.

Redução de preços

A Oi também reduziu o preço regular das ofertas no Amapá. O valor atualmente cobrado para conexões até 1MB era de R$ 69,90, mas a partir desta segunda (17/03) esses planos poderão ser contratados por R$ 59,90 mensais por quem tem ou contratar Oi Fixo. Quem contratar uma das ofertas até 1MB na promoção ?Oi, eu tô na Copa? também pagará R$ 59,90 mensais após 31/7/2014, quando a promoção chega ao fim.

Fonte: OGlobo