Pastor acusa Samsung Galaxy S de pacto com diabo após achar imagem em celular

Pastor acusa Samsung Galaxy S de pacto com diabo após achar imagem em celular

Pastor mostra o que ele diz ser a prova de um plano infernal: uma arte, feita para o Google, escondida nas configurações dos celulares

Uma imagem escondida nos smartphones Android está dando o que falar na Internet. Por meio de um vídeo publicado no YouTube, o pastor e rapper brasileiro Juninho Lutero acusa o sistema operacional do Google de ser uma "consagração demoníaca" e de "fazer parte de um projeto diabólico que pretende escravizar as pessoas". Prometendo denunciar "a verdade por trás do sistema operacional Android", o pastor mostra o que ele diz ser a prova de um plano infernal: uma arte, feita para o Google, escondida nas configurações dos celulares.

Com um Samsung Galaxy S, o pastor vai até as configurações e toca diversas vezes na opção "Versão de firmware" até aparecer a imagem que justifica sua opinião. Além de caracterizar o mascote do Android 2.3 (Gingerbread) como um demônio, Juninho Lutero chama os zumbis de escravos ao telefone, hipnotizadas pela praticidade e pela quantidade de recursos.

O vídeo termina com uma oração e já alcançou mais de 250 mil visualizações em cinco dias. A polêmica também ganhou o Facebook, onde o pastor afirmou que a denúncia tem caráter religioso e que não pretende difamar a marca, mas sim ?alertar as pessoas sobre o perigo espiritual que existe por trás da imagem que foi consagrada ao mal?.

A verdade por trás da imagem

Em cada nova atualização do Android o Google insere um easter egg; uma imagem que varia de acordo com o nome da versão, inspirado em nomes de doces comuns nos Estados Unidos. No caso do Android 2.3, a gigante das buscas o apelidou de "Gingerbread", famoso biscoito em forma de boneco, tradicional nas festas de Halloween e Natal.

A diferença, nesse caso, é que o autor da imagem, Jack Larson, retratou o mascote do sistema inspirado pelo seu gosto por Zumbis. Coincidentemente, essa é a versão mais popular do Android, presente em 45,6% dos aparelhos no mundo; número decisivo na rápida repercussão do vídeo.

A polêmica sobre o easter egg do Google foi tão grande que incomodou até o autor da imagem e resultou em um post explicativo. Na publicação, Jack Larson garante que a imagem retrata a junção entre a magia antiga e a tecnologia moderna.

Para quem ficou curioso ou realmente preocupado, a imagem ao lado mostra o easter egg presente no Android 4.0. Como é possível ver, o mascote do sistema representa o Ice Cream Sandwich, ou "sanduíche de sorvete", outro doce muito conhecido nos Estados Unidos.

Confira abaixo a acusação feita pelo pastor Juninho Lutero:

Fonte: tech tudo