Despertadores correm o risco de extinção geral por smartphones

Despertadores correm o risco de extinção geral por smartphones

O levantamento ainda listou os aparelhos que devem se tornar obsoletos com o avanço dos celulares inteligentes.

Os despertadores são os dispositivos de maior risco de "extinção" com a popularização de smartphones, de acordo com um estudo feito pela pixmania.com, empresa europeia de comércio eletrônico. O levantamento ainda listou os aparelhos que devem se tornar obsoletos com o avanço dos celulares inteligentes. As informações são do jornal britânico "The Telegraph".

"Como a tecnologia evolui e as pessoas ficam cada vez mais habituadas com as novidades, dispositivos mais velhos são naturalmente obrigados a serem aposentados", disse Laurent Cohen, executivo da Pixmania.com.

O estudo cita que aparelhos GPS, docks para iPod, câmeras flip (modelos portáteis que possibilitam fazer filmes HD), tocadores Blu-ray, DVD Players, relógio, BlackBerry, controle remoto e TVs portáteis.

As funções dos dispositivos acima são, de alguma forma, substituídos por um smartphone ou em tecnologias presentes em tablets. Segundo a publicação, os tocadores de mídia digital (DVD e Blu-Ray) serão substituídos por serviços de streaming (como Netflix).

Os docks para iPod devem ser aposentados em função da proliferação de dispositivos que se conectam a tocadores por meio de Bluetooth. Outros aparelhos (como GPS, câmera flip, relógio e controle remoto) realizam funções que já podem ser realizadas em smartphones.

No que diz respeito às TVs portáteis, o levantamento cita que a proliferação de tablets com tela de alta qualidade tem causado a redução de apelo de ter minitelevisores.

Fonte: UOL