Cientistas criam rede que opera a 99,7% da velocidade da luz

Cientistas criam rede que opera a 99,7% da velocidade da luz

Foram transferidos 73,7 terabits por segundo nos testes

Pesquisadores da universidade de Southampton, na Ingalterra, produziram uma fibra ótica capaz de transferir dados a 99,7% da velocidade da luz. Foram transferidos 73,7 terabits por segundo, conforme o site Extremetech.

Segundo o site, trata-se de uma velocidade 1 mil vezes superior às redes 40 gigabits mais avançadas, e com uma latência bem mais baixa.

A velocidade da luz, por definição, é de 299.792.458 metros por segundo, no vávuo. Em outros ambientes, geralmente é mais lenta. No caso da fibra ótica, a queda na velocidade é de 31%.

Na pesquisa, no entanto, os cientistas produziram uma fibra ótica que usa ar, permitindo aumetar o aproveitamento da velocidade.

Esta não é a primeira tentativa de utilizar o ar, no entanto, é a que teve mais sucesso recentemente graças à tecnologia utilizada.

Os pesquisadores melhoraram o design do núcleo oco, usando um aro fotônico ultrafino. Este novo desenho permite uma perda baixa (3,5 dB / km) e banda larga (160 nm). Para alcançar a taxa de transmissão de 73,7 terabits por segundo, os pesquisadores usaram uma técnica para transmitir três modos de 96 canais de 256 Gbps.

Fonte: Terra, www.terra.com.br