Pirataria na Internet afeta mercado de trabalho

Essas indústrias geravam 860 bilhões de euros (1.186 trilhão de dólares) e empregavam 14,4 milhões de pessoas em 2008

Muitas pessoas baixam músicas pela Internet todos os dias, mas o download ilegal tem um enorme impacto econômico e pode deixar mais de 1 milhão de desempregados até 2015, segundo especialistas.

Um estudo publicado nesta quarta-feira por uma consultoria de Paris sobre pirataria na Internet mostra que 1,2 milhão de postos de trabalho podem desaparecer nos próximos cinco anos na União Europeia caso nada seja feito para fechar o cerco sobre os downloads ilegais.

A pesquisa da TERA Consultants, encomendada pela Câmara Internacional de Comércio, foca na questão da pirataria nas indústrias de música, filme, televisão e software na Europa.

Essas indústrias geravam 860 bilhões de euros (1.186 trilhão de dólares) e empregavam 14,4 milhões de pessoas em 2008. No mesmo ano, no entanto, tiveram um prejuízo de 10 bilhões de euros e demitiram 186 mil pessoas devido à pirataria, segundo o estudo.

Caso essa tendência continue ?e o crescimento acelerado de downloads ilegais e técnicas avançadas de pirataria sugerem que deve continuar? até 1,2 milhão de postos de trabalho e 240 bilhões de euros serão eliminados do mercado europeu até 2015.

"No futuro próximo, e até mesmo hoje, em 2010, vemos um aumento na velocidade de conexões, um aumento na taxa de penetração da Internet", disse Patrice Geoffron, da TERA Consultants, ao explicar que a pirataria só deve aumentar.

"Se juntarmos todos esses elementos, é óbvio que o impacto daqui a alguns anos não permanecerá estável em comparação com o que foi em 2008."

Fonte: Terra