Político usa imagens eróticas em campanha na internet e é banido

Político usa imagens eróticas em campanha na internet e é banido

Depois de responderem algumas perguntas sobre a votação, os internautas que visitassem o site poderiam abrir links com conteúdo erótico

Há políticos que fazem tudo por um voto. Até mesmo utilizar pornografia em uma campanha eleitoral. Foi o que aconteceu com Mirad Hadziahmetovic, candidato a prefeito em uma eleição na Bósnia, que recorreu à Internet para compartilhar imagens pornográficas para conquistar algum tipo de benefício na votação. Mas o tiro saiu pela culatra e ele acabou proibido de participar do pleito.

Se dizendo ?inovador?, Hadziahmetovic concorria à prefeitura de Zenica, quarta maior cidade da Bósnia com população muçulmana, no próximo dia 7 de outubro. No entanto, as autoridades eleitorais suspenderam sua candidatura nesta semana por conta do material pornô que estava acessível em sua página oficial. Depois de responderem algumas perguntas sobre a votação, os internautas que visitassem o site poderiam abrir links com conteúdo erótico.

?Sete dias antes do início da minha campanha, o mundo já falava sobre mim. Tive uma campanha enorme e provei ser o melhor expert (especialista) em marketing da Bósnia?, comentou Hadziahmetovic em entrevista à agência de notícias Reuters.

O ex-candidato ameaça processar a comissão eleitoral local se não puder concorrer. Ele diz que vai à Corte Europeia dos Direitos Humanos lutar pelos seus direitos. Em uma carta aberta pedindo apoio de embaixadores ocidentais na Rússia, Hadziahmetovic fez uma analogia polêmica: quer transformar sua cidade em Hollywood e não em Teerã ? referência ao alto número de muçulmanos na região e ao atual prefeito, que é um deles.

Fonte: Tech Tudo