Praga rouba dados de 3.000 usuários no malware Android, diz consultoria

Segundo a empresa, para evitar a contaminação dessa e de outras pragas, os usuários não devem clicar em links desconhecidos

O malware "Android. Exprespam" já teria roubado entre 75 mil e 450 mil dados pessoais de 3.000 usuários de Android em apenas duas semanas, afirma a empresa de antivírus Symantec Security Response.


Praga rouba dados de 3.000 usuários de Android, diz consultoria

Descoberto pela companhia este ano, o arquivo malicioso teria sido disponibilizado no site "Android Express?s Play", que recebeu mais de 3.000 visitas entre os dias 13 e 20 de janeiro.

Esse tipo de vírus captura dados pessoais do usuário e envia as informações para uma central, na qual ficam armazenados para uso posterior.

Segundo a empresa, para evitar a contaminação dessa e de outras pragas, os usuários não devem clicar em links desconhecidos (principalmente os que chegam por e-mail), fazer download de aplicativos apenas em lojas confiáveis e utilizar apps de segurança.

Fonte: UOL