Preço do Nexus 4 pode ser maior que Galaxy S3 em lojas brasileiras

Preço do Nexus 4 pode ser maior que Galaxy S3 em lojas brasileiras

A questão é problemática: o Google não pode vender o Nexus 4 diretamente no país, assim como na Espanha

As vendas do Nexus 4 são incertas em alguns países, e a LG ainda estuda sua viabilidade em outros países, como o Brasil. No entanto, se confirmado, seu preço pode não ser um bom motivador. Nesta semana, a fabricante sul-coreana disse querer cobrar ? 599 pelo smartphone na Espanha; o dobro dos ? 299 que os consumidores precisam pagar para adquiri-lo na loja virtual do Google no restante da Europa. Com tais valores, seu valor de venda chega a ser mais caro que o de um Galaxy S3 ou um Galaxy Note 2.

A decisão da LG gerou revolta em estabelecimentos comerciais como a Phone House, uma das maiores cadeias espanholas do setor. Em seu site oficial, a revendedora tem como smartphone mais caro o recém-lançado Galaxy Note 2, que custa ? 589. Em resposta ao preço estipulado pela LG, a loja anunciou em sua página no Facebook que não pretende mais comercializar o smartphone.

Dado a resposta na Europa, se confirmado para o Brasil a LG pode aplicar a mesma política de preços altos.

A questão é problemática: o Google não pode vender o Nexus 4 diretamente no país, assim como na Espanha. Para que o novo smartphone desembarque por aqui, então, ele teria que seguir o modelo de negócios da LG, como aconteceu com o Galaxy X (Nexus), vendido por aqui pela Samsung, e não pelo Google.

Assim, caso o produto seja comercializado no Brasil, é provável que seu preço seja ainda mais caro que o Galaxy S3, vendido no Brasil a R$ 1.899 (e na Espanha, pela Phone House, a ? 519). Se seguir a mesma proporção de preço, o Nexus 4 pode vir a custar R$ 2.191.

Fonte: Tech Tudo