Recife (PE) começa a testar gel contra deslizamentos

O produto é fabricado nos EUA e tem como base óleo vegetal e polímero acrílico

Na tentativa de combater deslizamentos de terras no período de chuvas, Recife (PE) está testando um gel que deve diminuir a atuação das lonas plásticas na cobertura e proteção de encostas nas áreas de risco da cidade.

O produto é fabricado nos EUA e tem como base óleo vegetal e polímero acrílico. O solo fica impermeabilizado depois de cerca de quatro horas da aplicação do gel. A área fica protegida por uma espécie de resina plástica transparente que não impede o crescimento de vegetação. Com isso, o solo não é degradado e evita-se a erosão. Assim, a terra não se desfragmenta e não ocorre o consequente deslizamento.

Para a fase experimental, cerca de 1.500 mºº2ºº do bairro Ibura --um dos mais atingidos por deslizamentos em época de chuva no Recife-- começaram a receber a proteção nesta quarta-feira. Os custos com o produto ficaram em torno de R$ 25 mil.

O secretário municipal de Controle, Desenvolvimento Urbano e Obras, Amir Schvartz, afirma que o investimento inicial com o gel pode até ser maior, mas a longo prazo representa uma economia maior em comparação com as lonas plásticas.

Segundo ele, para manutenção das encostas com o gel se faz necessária uma reaplicação anual com cerca de 20% do utilizado no primeiro momento, por até cinco anos.

Schvartz destacou ainda algumas desvantagens provocadas pela utilização da lona plástica, como a maior necessidade de reposição. Segundo ele, elas podem ainda causar a proliferação de ratos e escorpiões.

Recife apresenta cerca de 3.000 pontos de risco de desabamento. Nos últimos nove anos, foram registradas oito mortes devido ao problema. Hoje a prefeitura anunciou o investimento de R$ 45 milhões em ações preventivas para o período de chuvas.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br