Redes sociais podem ser tão viciantes quanto sexo e cigarros

Redes sociais podem ser tão viciantes quanto sexo e cigarros

Estudo mostra que compulsão a checar a rede social é uma das tentações mais fortes.

Qual a frequência com que você checa suas redes sociais? Uma pesquisa realizada na Alemanha, divulgada pela da Booth School of Business, da Universidade Chicago, mostra que se atualizar sobre o que acontece no Facebook, Twitter ou Pinterest é uma das tentações mais difíceis de se resistir, no mesmo nível do cigarro e do sexo.

O estudo deu Blackberries a 250 entrevistados entre 18 a 85 anos, que foram orientados a responder a cada 30 minutos se sentiram vontade de checar suas redes sociais. Também lhes foi pedido para documentar outros impulsos como comer, dormir, fumar e avaliá-los entre "forte" e irresitível". O resultado indicou que a necessidade de checar as redes sociais foi um dos mais fortes.

A pesquisa aponta que um dos motivos pelo qual Facebook, Twitter, entre outros, são tão viciantes é a simplicidade no acesso. Com apenas alguns toques em seu celular, a pessoa consegue se envolver em algum tweet ou post em seu mural, com grande facilidade.

Fonte: R7, www.r7.com