‘Respeito pela sua privacidade está no nosso DNA’,diz WhatsApp às críticas

Whatsapp promete se manter com a mesma privacidade

O CEO e fundador do WhatsApp, Jan Koum, publicou no blog oficial da empresa uma nota para ?esclarecer as coisas? após a compra do mensageiro pelo Facebook. Como ponto principal do comunicado, está a questão da privacidade, que muita gente colocou em xeque após o anúncio do acordo.

Muitos usuários passaram a ficar preocupados que o conteúdo compartilhado no WhatsApp fosse ser integrado ao Facebook de alguma forma. Outros apontaram que agora ele também passaria a ser monitorado por agências de governos internacionais. Porém, segundo o CEO, todos devem ficar calmos que nada disso vai acontecer.

?O respeito pela privacidade está no nosso DNA e construímos o WhatsApp com a meta de que as pessoas saberiam o mínimo de você possível?, diz o fundador, lembrando que ele não pede dados como data de nascimento, endereço, e-mail, etc. ?Se a parceria com o Facebook fosse mudar isso, não teríamos aceito?, garante.

O ucraniano aproveitou ainda para atacar quem está disseminando rumores sobre estas possíveis mudanças de privacidade no aplicativo. Segundo ele, estas especulações ?não são só sem base e infundadas, mas também irresponsáveis? e acabam causando ao internauta uma impressão ?assustadora? do aplicativo.

Portanto, está esclarecido: as políticas de coleta de dados do WhatsApp não vão mudar. Qualquer informação sobre isso é apenas especulação. Quem garante é o próprio CEO da empresa, fazendo coro ao que já havia sido dito há algum tempo por Mark Zuckerberg e pelo próprio WhatsApp, quando o anúncio da parceria com o Facebook foi realizado.

Fonte: Tech Tudo