Restaurante usa webcam na cozinha para ganhar clientes

Restaurante usa webcam na cozinha para ganhar clientes

Ideia ganhou destaque em site inglês que aponta tendências em negócios.

Com apenas três unidades, sendo duas em Florianópolis e uma em Curitiba, o Kimitachi, restaurante de entrega de comida japonesa, teve o modelo de negócio citado como uma das tendências para o ano de 2013, pelo site inglês TrendWatching. A mesma publicação também apontou iniciativas de marcas internacionais como Mc Donald?s e a fabricante de computadores, Lenovo.

Para o site, o sistema de entrega criado pelos catarinenses Lucas Prim, Paulo Hashinoto e Carlos Eduardo Souza é o grande diferencial do Kimitachi. Com uma webcam instalada na cozinha, o cliente pode acompanhar todo o preparo dos alimentos e verificar eventuais irregularidades antes mesmo de o pedido ser enviado.

Assim que o pedido é feito no site, imediatamente uma comanda eletrônica aparece na tela colocada dentro da cozinha. Quando o pedido é confirmado, o sinal da webcam é aberto e o cliente pode ver o trabalho do sushiman.

Quando o pedido está pronto para ser enviado, a página que o cliente vê muda novamente e ele tem a foto do entregador que irá levar a comida. Segundo o dono da loja de Curitiba, Elton Curtarelli, nenhum outro restaurante possui esse sistema. ?Alguns até tem a webcam, mas a ideia de colocar a foto do entregador ainda não?, afirma.

Humanizar processos

Curtarelli conta que nunca havia pensado em investir na área da alimentação. ?Minha área é Tecnologia de Informação. O sistema que foi criado aqui foi o que me motivou a investir nisso?, diz. De acordo com ele, toda a parte de informatização do sistema foi criada pelos catarinenses. ?O nosso propósito é tirar o máximo proveito da tecnologia e conseguir recuperar um conceito importante: humanizar processos?, diz.

De acordo com Lucas, a ideia surgiu para dar aos clientes mais confiança ao fazer pedidos pelo site.


Restaurante usa webcam na cozinha para ter confiança de clientes

?Isso é um conceito de passar com transparência todo o nosso processo para o cliente?, explica.

Além da transparência ao fazer o pedido, os clientes também passam por um processo de pós-venda, onde podem opinar sobre a qualidade do serviço. ?Através dessas ferramentas, a gente tenta ter um atendimento mais próximo do cliente?, pontua Curtarelli. Segundo ele, os clientes ainda podem fazer o pedido colocando várias especificações, conforme as preferências pessoais.

Sucesso da marca

Após a abertura da primeira franquia em Curitiba, o negócio tende a crescer. Ainda de acordo com Lucas, outras 10 cidades estão sendo prospectadas e devem receber o Kimitachi em breve. A intenção, segundo ele, é fortalecer a marca região Sul.

O empresário diz que as futuras franquias devem receber todo o apoio da matriz, em Florianópolis. ?Nós fornecemos tudo, desde o sistema, que têm uma equipe de desenvolvimento e que cuida de todo o sistema de gestão do restaurante, até a embalagem, a marca, a identidade visual e o suporte necessário.

Fonte: G1