Seu celular foi roubado? Confira como desativar o seu WhatsApp

Seu celular foi roubado? Confira como desativar o seu WhatsApp

Quando um telefone com o aplicativo WhatsApp é roubado ou perdido, dois procedimentos são indicados: bloquear o número e desativar a conta

Quando um telefone com o aplicativo WhatsApp é roubado ou perdido, dois procedimentos são indicados: bloquear o número e desativar a conta. Com isso, é possível evitar que pessoas mal-intencionadas se passem pelo usuário ? recentemente, por exemplo, ladrões roubaram um iPhone e alteraram a foto do usuário.

O WhatsApp funciona atrelado ao número do telefone e só pode ser usado em um único aparelho por vez. Ao bloquear a linha (o que pode ser feito entrando em contato com a operadora), o programa deixa de enviar ou receber mensagens utilizando o plano de dados. Também é importante desabilitar o app: mesmo com a linha bloqueada, é possível trocar mensagens via Wi-Fi, de acordo com o suporte do WhatsApp.

WhatsApp em celular roubado

Ligue para a operadora e bloqueie seu número.

Envie um e-mail para [email protected] pedindo a suspensão da conta.

No e-mail, escreva seu telefone no padrão internacional (Ex: 55 11 xxxx-xxxx).

Instale um novo cartão SIM no telefone (você pode manter ou trocar o número).

Ao instalar o app no telefone, você consegue reativar a conta no próprio WhatsApp.

Para tanto, entre em contato com a empresa por e-mail no [email protected] Você deve mencionar no pedido o número de seu telefone dentro do padrão internacional. Após ter a conta desabilitada, é possível reativá-la por 30 dias - ao final desse período, ela será permanentemente deletada do sistema do WhatsApp.

Como o serviço está em inglês, o ideal é pedir algo como "My phone was stolen. Please, can you disable my account? My phone number is XXXX. Thanks" (meu telefone foi roubado. Por favor, vocês poderiam desativar minha conta? Meu número é XXXX).

Todos esses procedimentos não impedem que a pessoa em posse do telefone antigo tenha acesso aos dados armazenados nele - como fotos, contatos e vídeos trocados via WhatsApp.

Fonte: UOL