Sistema transforma celular em console de games no computador

Mais de uma pessoa pode acessar o Weboolu e jogar ao mesmo tempo

Uma experiência de interação de telas entre um computador e um smartphone. Esta é a proposta da plataforma Weboolu. Criado pelos desenvolvedores israelenses Gur Zeevi e Itay Gur, o sistema converte o telefone em uma tela auxiliar, por meio da qual o usuário comanda as ações da tela principal sem a necessidade de um dispositivo especialmente dedicado a essa função. A tecnologia vem sendo testada com games disponibilizados no site do Weboolu, mas com potencial para outros tipos de aplicação.


Sistema transforma celular em console de games no computador

Para utilizar o Weboolu, é preciso acessar o site (http://www.weboolu.com/) nos dois dispositivos. No browser, o sistema gera uma chave ID que, ao ser informada no telefone, estabelece a conexão entre os aparelhos. Segundo o fundador e CEO da empresa, Gur Zeevi, a tecnologia é baseada em computação em nuvem, dispensando a instalação de hardwares ou softwares específicos para a atividade. Não há distância máxima entre o computador e o telefone: basta que ambos estejam conectados à internet.

Para tornar a experiência ainda mais interativa, o Weboolu permite que mais de um smartphone se conecte ao computador. Assim, duas ou mais pessoas podem jogar ao mesmo tempo. Os games disponíveis estão na nuvem do Weboolu, e o número vem crescendo com a contribuição de programadores. Segundo Zeevi, o site da empresa disponibiliza kits de desenvolvimento de softwares e outras ferramentas para que novos jogos sejam criados, ou que conteúdos já existentes sejam adaptados para uma das linguagens suportadas pela plataforma: HTML5, Flash, Unity3D e WebGL.

O sistema pode ser acessado de qualquer computador, desde que a partir dos navegadores Safari, Firefox ou Chrome. A versão mobile ainda tem suporte somente para iPhone e iPod Touch (com iOS 5 ou superior). Zeevi prevê que, no primeiro semestre de 2013, o Weboolu também estará disponível a usuários de aparelhos com Android. Até a metade do ano que vem, o CEO adianta que o Weboolu será compatível com smart TVs - projetando também seu uso em IPTVs e Set-top Boxes.

Outras experiências

Fundado em 2011, o Weboolu foi criado para eliminar a necessidade de um hardware específico na função de console. "O usuário pode utilizar um aparelho que já possui para criar uma nova experiência multitela e com multiusuários, permitindo que os amigos e a família possam jogar juntos", explica Zeevi. Além de servir de plataforma para jogos, o CEO explica que a experiência de segunda tela também dá a chance de que as aplicações desenvolvidas para o Weboolu tragam qualquer tipo de conteúdo, desde notícias até vídeos.

Entre os países onde a versão beta do Weboolu já foi disponibilizada estão Estados Unidos, Israel, Reino Unido e Alemanha. No Brasil, o sistema pode ser utilizado em inglês. No primeiro semestre de 2014, o plano é expandir o uso da plataforma a toda a Europa.

Fonte: Terra