Site de vendas russo tem ofertas de meteorito que caiu na sexta-feira

As autoridades russas anunciavam que desistiram de procurar o objeto que caiu na região.

Supostos pedaços do meteorito de Tcheliabinsk já são oferecidos na Rússia, a preços que variam de acordo com o gosto do freguês.

Enquanto as autoridades russas anunciavam que desistiram de procurar o objeto que caiu na região central dos Urais, deixando mais de 1.000 feridos e espalhando estragos, sites de venda online anunciavam gramas e até quilos que seriam do meteorito resultante da queda.


Site de vendas russo tem ofertas de meteorito que caiu na sexta-feira

No www.avito.ru, site de vendas conhecido no país, havia pelo menos dez anúncios postados ontem.

Em todos podia-se encontrar alguma menção a Tcheliabinsk. Uma das ofertas dizia: "200 kg. Achei ao lado de um lago em Tcheliabinsk e decidi vendê-lo, já que é uma pedra preciosa."

Naturalmente, a chance de ser algo autêntico parece baixa. O anúncio vinha acompanhado da foto do lago isolado pela polícia e não tinha preço.

Em outro, o anunciante é mais específico: um pedaço grande vale 15 mil rublos (cerca de US$ 500) e há 16 disponíveis, os pequenos, 77 no total, 2.000 rublos (US$ 67).

A região em torno do lago onde foi localizado um buraco associado ao meteoro foi isolada e há uma grande curiosidade na cidade para encontrar pedaços.

A decisão de suspender as buscas anunciada pelas autoridades locais fez com que muita gente começasse questionar se o acidente realmente foi provocado pela queda de um meteoro.

"Para mim, não era meteoro. É algo que o governo quer esconder", disse em um hotel moscovita uma universitária que não quis se identificar. "Na Rússia é assim."

Fonte: Folha