Tablet da Asus que vira netbook tenta ser diferente no mercado

Tablet da Asus que vira netbook tenta ser diferente no mercado

De acordo com a Asus, o tablet deve chegar ao Brasil ainda em agosto, mas ainda não há preço definido

Para tentar ser diferente em um mercado onde todos tentam ser iguais ao iPad, a Asus buscou dar ares de netbook para o Eee Pad Transformer. O aparelho une o tablet com um teclado de computador, permitindo agilizar atividades como digitação de textos e navegação na internet.

De acordo com a Asus, o tablet deve chegar ao Brasil ainda em agosto, mas ainda não há preço definido. Nos Estados Unidos, o preço do tablet é de cerca US$ 400 e a extensão é de US$ 150.

O tablet tem tela de 10,1 polegadas e utiliza o sistema operacional Android 3.0 (Honeycomb) que, combinado ao processador Tegra 2, da Nvidia, traz velocidade no uso de aplicativos. Programas mais pesados como games rodam muito bem no aparelho e sua tela mais "horizontal" que o iPad permite assistir a vídeos com maior conforto. É possível assistir a vídeos em alta definição tanto na tela do tablet quanto na TV, por meio de uma saída HDMI. Uma câmera frontal de 1,2 MP permite usar programas de conversa por meio de vídeo como o Skype. A câmera traseira tem 5 MP.

A bateria é o ponto forte do "Transformer". A promessa é até 15 horas de uso com a bateria adicional presente na base de teclado. O tablet, sozinho, funciona por até oito horas.

Os modelos incluem memória de 16 GB até 64 GB, que são expansíveis por meio de uma entrada de cartão de memória microSD. Sem o teclado, o Eee Pad Transformer pesa cerca de 680g e, com o teclado, pesa pouco mais de um quilo.

Para quem deseja realizar tarefas simples, como digitar textos, planilhas, conversar com amigos e acessar a web, o uso do teclado facilita bastante. Um trackpad presente na extensão, contudo, é pouco usada quando há uma tela sensível ao toque para acessar aplicativos e links, que permite um acesso mais rápido aos programas.

Fonte: g1, www.g1.com.br