Toshiba irá realizar as vendas das verduras produzidas em uma fábrica

O conglomerado produzirá verduras sem pesticidas ou outras substâncias químicas em fábrica totalmente asséptica, gerida por dispositivos eletrônicos

O conglomerado industrial japonês Toshiba, conhecido por seus aparelhos eletrônicos e reatores nucleares, anunciou nesta quinta-feira uma nova atividade: a venda de verduras produzidas em uma fábrica.

"Vamos dar uma nova dimensão à nossa divisão de atenção sanitária", anunciou a Toshiba em um comunicado.

O conglomerado vai produzir verduras sem pesticidas ou outras substâncias químicas em uma fábrica totalmente asséptica, mas gerida por dispositivos eletrônicos.

Especializada, entre outras coisas, em equipamento médico, e administrando um hospital próprio em Tóquio, a Toshiba diz querer contribuir para a saúde das pessoas. Segundo a empresa, este objetivo passa pelo consumo de comida saudável, que pode ser produzida na fábrica sob certas condições tecnológicas.

Por isso, a Toshiba está trabalhando em uma fábrica abandonada na periferia de Tóquio para dotá-la de "sistemas especiais de iluminação fluorescente, otimizados para o crescimento das plantas, um ar condicionado que mantém sempre a mesma temperatura e um nível de umidade constante, um dispositivo de vigilância do estado físico das plantas e equipamentos esterilizados para a embalagem dos produtos".

A delicada gestão desta fábrica será efetuada com meios similares aos empregados nas fábricas de semicondutores, outra especialidade do eclético conglomerado japonês.

"Ao minimizar o contato dos produtos com as partículas, é possível prolongar sua conservação em bom estado", destacou a Toshiba.

Em uma superfície industrial de cerca de 2.000 metros quadrados, o grupo produzirá o equivalente a 3 milhões de saladas ao ano e fornecerá alface, espinafre e outras verduras a supermercados e restaurantes.

onglomerado industrial japonês Toshiba, conhecido por seus aparelhos eletrônicos e reatores nucleares, anunciou nesta quinta-feira uma nova atividade: a venda de verduras produzidas em uma fábrica.

"Vamos dar uma nova dimensão à nossa divisão de atenção sanitária", anunciou a Toshiba em um comunicado.

O conglomerado vai produzir verduras sem pesticidas ou outras substâncias químicas em uma fábrica totalmente asséptica, mas gerida por dispositivos eletrônicos.

Especializada, entre outras coisas, em equipamento médico, e administrando um hospital próprio em Tóquio, a Toshiba diz querer contribuir para a saúde das pessoas. Segundo a empresa, este objetivo passa pelo consumo de comida saudável, que pode ser produzida na fábrica sob certas condições tecnológicas.

Por isso, a Toshiba está trabalhando em uma fábrica abandonada na periferia de Tóquio para dotá-la de "sistemas especiais de iluminação fluorescente, otimizados para o crescimento das plantas, um ar condicionado que mantém sempre a mesma temperatura e um nível de umidade constante, um dispositivo de vigilância do estado físico das plantas e equipamentos esterilizados para a embalagem dos produtos".

A delicada gestão desta fábrica será efetuada com meios similares aos empregados nas fábricas de semicondutores, outra especialidade do eclético conglomerado japonês.

"Ao minimizar o contato dos produtos com as partículas, é possível prolongar sua conservação em bom estado", destacou a Toshiba.

Em uma superfície industrial de cerca de 2.000 metros quadrados, o grupo produzirá o equivalente a 3 milhões de saladas ao ano e fornecerá alface, espinafre e outras verduras a supermercados e restaurantes.

Fonte: Terra