Uso de smartphones nas aulas melhora rendimento dos alunos

Uso de smartphones nas aulas melhora rendimento dos alunos

A pesquisa consiste em levar dispositivos móveis para alunos em situação de risco social e perceber a melhora em seus desempenho

Smartphones com acesso à Internet ajudam crianças de baixa renda a melhorar seu rendimento escolar. É o que comprova um estudo do projeto K-Nect, criado em 2008 com o intuito de ajudar estudantes do 9º ano no estado da Carolina do Norte, nos Estados Unidos. A pesquisa consiste em levar dispositivos móveis para alunos em situação de risco social e perceber a melhora em seus desempenhos.

Todos os smartphones oferecidos aos estudantes contavam com acesso à web e com um material personalizado que contribuiu nos planos de aula dos professores. Apesar de os aparelhos possuírem diversos meios de distração, como jogos e redes sociais, o estudo mostrou que os celulares ajudam os estudantes a desenvolverem as ?habilidades do século XXI? e amenizarem deficiências em matemática.

Os alunos participantes do estudo passaram a interagir com seus colegas com maior facilidade, aumentaram o rendimento em exercícios de sala de aula e criaram o costume de buscar informações a qualquer hora do dia. Em um ano, os jovens participantes do estudo tiveram um aumento de cerca de 30% em suas notas.

?Nem todo mundo tem televisão, computador ou mesmo eletricidade em casa, mas estamos nos aproximando do ponto em que todo mundo poderá ter acesso à Internet?, disse o vice-presidente da Qualcomm Incorporated, Peggy Johnson, ao site Mashable. Segundo o executivo, a cobertura da web sem fio já alcançou "os quatro cantos do mundo" e pode ajudar a melhorar a educação nos Estados Unidos e no mundo.

O projeto K-Nect faz parte da Wireless Reach Iniciative, programa desenvolvido pela Qualcomm ? fabricante de produtos para telecomunicação sem fio. A iniciativa tem como objetivo levar a internet wireless a diversas partes do mundo que ainda não têm a tecnologia.

Fonte: tech tudo