Usuários não aprovam meme racista e rede social Facebook tira página do ar; entenda!

Usuários não aprovam meme racista e rede social Facebook tira página do ar; entenda!

A conta foi tirada do ar pelo Facebook na última semana

Um movimento de usuários do Facebook fez com que administradores da rede social retirassem a página ?Aboriginal Memes? ("Memes Aborígenes"), acusada de criar e divulgar memes xenófobos contra aborígenes australianos.

A conta foi tirada do ar pelo Facebook na última semana. As motivações dos usuários dizem respeito ao teor das ?brincadeiras? contidas na página racista, realizadas de maneira depreciativa em relação ao grupo indígena australiano. Nesses memes, os aborígenes eram tratados como cidadãos de classe supostamente inferior e colocados em situações ridicularizantes.

Fora da órbita do Facebook

Prevendo o intervalo que levaria para membros da administração do Facebook começarem a ter noção sobre a gravidade da acusação, possivelmente diluída dentre as demais realizadas diariamente no site, um grupo mobilizou-se e levou a denúncia ao Change.org, domínio especializado em questões jurídicas, no qual uma petição online teve início. Na página da requisição, é possível ver comentários sobre o caso, um exemplo do tipo de meme que era veiculado na "Memes Aborígenes", seções para cadastro no site e votação contra a página racista no Facebook.

Réplica do Facebook

Coincidentemente ou não, a resposta do Facebook para o assunto veio em seguida, acompanhada da declaração de políticas contra incitação de ódio nas páginas da rede social.

"O Facebook não permite discurso de ódio. Enquanto nós encorajamos você a desafiar idéias, instituições, eventos e práticas, é uma grave violação atacar uma pessoa com base em sua raça, etnia, nacionalidade, religião, sexo, orientação sexual, deficiência ou condição médica", segundo a norma do site.

A página ?Memes Aborígenes? está fora do ar e no lugar tem o link, utilizado anteriormente para indexá-la, redirecionando o usuário para a "Home" do Facebook. Enquanto a conta estava ativada, ela havia recebido mais de 4.000 status de "Curtir" e possuía grande fluxo de conteúdo de teor questionável.

Fonte: Tech Tudo