Usuários tentam vender iPad antigo após lançamento

Recursos do novo tablet atraem quem adquiriu a versão antiga.

Logo após o anúncio oficial do iPad 2 por Steve Jobs na quarta-feira (2), muitos usuários da versão anterior do aparelho foram para as redes sociais tentar vender o tablet. O objetivo da maioria é juntar dinheiro para adquirir o novo modelo, mais fino, mais leve, mais veloz e com duas câmeras.

Não é difícil encontrar quem quera vender o "iPad 1", no Twitter, por exemplo. Algumas mensagens publicadas no microblog nesta quinta-feira: "Vendo iPad wifi+3G 64gb + capa original Apple + brindes por R$2200 reais". "Vendo iPad 3G + Wi+Fi de 16GB por R$ 1.390. Tem caixa e manuais".

A estudante Amanda Goulart Werner, que comprou o iPad em uma viagem à Alemanha em outubro de 2010, é outra que tenta vender o aparelho. Na época, pagou 540 euros pelo aparelho (R$ 1.296). Porém, foi só surgir a notícia sobre o iPad 2 que ela já decidiu trocar o antigo pelo novo.

?Eu me decepcionei um pouco com a versão anterior porque não tem câmera para tirar fotos?, conta ao G1. Mesmo assim, a estudante de 31 anos se diz apaixonada pelo tablet da Apple. ?Eu quase durmo com ele?, brinca.



Amanda sempre vê livros e revistas no iPad antes de dormir. ?Meu marido sempre reclamava da luz ligada e do barulho. Com o iPad, eu posso ler com a luz do quarto desligada e ele não faz barulho com as folhas?, conta.

Ela já está decidida a comprar o novo modelo. Como não há previsão de quando o iPad 2 chegará ao Brasil, a estudante pretende comprar o aparelho em uma viagem à Espanha em abril. Porém, ela só trocará de tablet se conseguir vender o antigo. Nos anúncios que colocou no Facebook e Twitter, ela já conseguiu 13 interessados de fato. ?O aparelho está novíssimo, não tem um arranhão?.

Outro que também só comprará o novo tablet se conseguir vender o antigo, "e pelo mesmo preço de um iPad 2", conta, é o administrador de empresas Cassiano Pereira, 34 anos. Ele comprou o iPad no dia do lançamento nos Estados Unidos no dia 3 de abril de 2010. "Por coincidência eu estava lá e passei em uma loja para ver como era. Gostei do que vi e acabei comprando", disse ao G1. "[O aparelho] foi muito impactante".

Cassiano afirma que usa o iPad para navegar na internet, ler notícias e publicar no Twitter, além de jogar. "Meu objetivo principal ao comprar o iPad foi usar para música. Tem [aplicativos] de instrumentos que não funcionam bem no iPhone e no iPad funcionam muito bem. Dá para usá-lo como instrumento musical". Ele afirma que o tablet transforma a visualização de fotos em algo social, pois várias pessoas podem ver as imagens ao mesmo tempo.

"A vontade de comprar o iPad 2 se dá pelo fato de poder usar o [programa] Garage Band e porque o aparelho tem câmera", conta. "Pretendo comprar lá fora porque é o mesmo preço do anterior, não quero pagar muito mais. E só irei comprá-lo depois de vender o antigo", avisa.

Fonte: g1, www.g1.com.br