Venda de celulares despenca em dezembro no BR, na variação anual

Segundo a Anatel, foram 1,7 milhão de linhas ativadas em dezembro de 2012.

Sinal de alerta para as teles móveis. Em dezembro de 2012 foram habilitadas apenas 1,78 milhão de novas linhas. Em 2011, dezembro foi o mês de maior número de habilitações: pouco mais de 6,1 milhões.

Depois da ação da Anatel proibindo vendas e ativações em julho, o mercado não voltou mais a apresentar os mesmos índices de crescimento do primeiro semestre de 2012, que registrou média mensal de vendas de 2 milhões de linhas. A média mensal de habilitações do segundo semestre foi de 948 mil. Os piores meses forma julho, mês da proibição, com 279 mil habilitações, e outubro, com 436 mil habilitações. Dezembro superou agosto, quando foram registradas 1,49 milhão de habilitações.

O Brasil encerrou 2012 com total de 261,78 milhões de linhas móveis em operação, informou nesta sexta-feira a Anatel. Alta de apenas 8,07% sobre o fim de 2011. Deste total, 210,82 milhões (80,53%) de acessos são pré-pagos e 50,96 milhões pós-pagos (19,47%). A banda larga móvel totalizou 59,19 milhões de acessos. A teledensidade avançou 7,19%.

A Claro liderou o crescimento com adições líquidas de 885 mil celulares, seguida pela TIM (808 mil), Vivo (157 mil) e Oi (-124 mil), segundo as contas do portal Teleco, a partir dos dados divulgados pela agência reguladora.

No consolidado, a Vivo continua líder, com 29,08% de participação de mercado (76.137.268 milhões de assinantes), seguida pela TIM, com 26,87% de share e 70.343.480 milhões de assinantes. Apesar do bom momento, a Claro se manteve na terceira posição com 24,92% de participação (65.238.342 milhões de assinantes). A Oi ficou na quarta posição com 18,81% de market share (49.237.532 milhões de assinantes).

Fonte: UOL