Vício em smartphones aumenta entre estudantes, diz pesquisa

O estudo aponta que em comparação aos viciados em internet, há o dobro de estudantes dependentes de smartphones

Cerca de dois terços dos estudantes dos níveis primário e secundário usam smartphones atualmente, e 8% deles correm o risco ficarem dependentes do dispositivo, indicou pesquisa divulgada em Seul, Coreia do Sul, nesta quarta-feira. As informações são do Korea Times.


Vício em smartphones aumenta entre estudantes, diz pesquisa

O estudo foi realizado com cerca de 1,45 milhão de estudantes da província coreana de Gieonggi,que estão cursando os equivalentes a Ensino Fundamental e Médio. O resultado mostrou que o percentual de estudantes que passam mais de cinco horas conectados ao smartphone tende a aumentar conforme os jovens vão mudando de graus escolar.

Entre os entrevistados, 45% disseram usar o dispositivo entre uma e três horas diárias; 27% declarou usar menos de uma hora por dia; 18% admitiram se conectar ao aparelho entre três e cinco horas; e 10% relataram usar o smartphone surante mais de cinco horas por dia.

A maioria dos estudantes falaram que usam o dispositivo para conversar em aplicativos de mensagens instatâneas - outros usos populares são mensagens SMS, ligações, reprodução de música, pesquisa de informações na internet e jogos.

Os jovens do grupo de alto risco apresentam sintomas de abstinência de uso de smartphone e dificuldades na rotina diária - muitos apresentam dificuldades nos estudos ou na vida social. Alguns deles se comunicam somente através de dispositivos, e outros ainda apresentam ansiedade quando privados de acesso ao aparelho.

Em comparação aos viciados em internet, há o dobro de estudantes dependentes de smartphones, revelou a pesquisa. Para prevenir o risco de mais jovens ficarem viciados aos aparelhos, o escritório de Educação do governo coreano planeja realizar pesquisas anualmente e prmover ações educativas para o uso moderado dos dispositivos.

Fonte: Terra