Vítima usa Facebook para rastrear estuprador e se vingar após anos

Vítima usa Facebook para rastrear estuprador e se vingar após anos

Melinda Thomas, que foi estuprada quando tinha apenas 13 anos, encontrou coragem agora, aos 42, quase 30 anos depois, para ir à polícia.

Melinda Thomas, que foi estuprada quando tinha apenas 13 anos, encontrou coragem agora, aos 42, quase 30 anos depois, para ir à polícia. Não havia provas suficientes para incriminar o estuprador, então ela teve que agir e se vingar. A arma que ela escolheu foi a tecnologia: criou um perfil no Facebook e rastreou o criminoso.

Primeiro, ela procurou mulheres que tivessem sido estupradas na área de Swindon, na Inglaterra, durante a década de 80 ? assim como ela ? por um homem, negro, na casa dos 20 anos.



Duas pessoas viram o post e entraram em contato.



Melinda juntou todas as informações que elas passaram e constatou que era o mesmo homem, Orville Vaughan, hoje com 53 anos. Ela passou as informações para a polícia e conseguiu que ele fosse condenado, a 17 anos de prisão.



Agora, mais duas vítimas de Orville apareceram. Ao tabloide britânico Daily Mail, Melinda explicou como usou a rede social: ?O Facebook me ajudou a conseguir justiça, e capturar o homem que me estuprou foi a coisa mais corajosa que eu já fiz?.

Fonte: r7