Windows Phone 8 ganha primeiro virus pelas mãos de adolescente

Shantanu Gawde garante que conseguiu quebrar o código do novo sistema operacional da Microsoft e vai demonstrar como fez o hack em um evento

O Windows Phone 8 pode ter um grande problema pela frente: um malware supostamente criado por um indiano de apenas 16 anos. Shantanu Gawde garante que conseguiu quebrar o código do novo sistema operacional da Microsoft e vai demonstrar como fez o hack em um evento chamado MalCon Security Conference, nos próximos dias 23 e 24 de novembro, em Nova Deli.


Windows Phone 8 ganha primeiro malware pelas mãos de adolescente

Gawde, que se tornou um desenvolvedor de aplicativos certificado pela Microsoft aos sete anos, é considerado um dos maiores especialistas da região e ficou bastante conhecido como o ?hacker ético mais jovem? da Índia. Portanto, a expectativa para ver o que ele conseguiu fazer com o Windows Phone 8 é grande. Inclusive porque, até o momento, não foram reveladas muitas informações sobre a invasão do sistema.

A apresentação de Shantanu na conferência vai demonstrar diversos assuntos, como as ?técnicas para infectar o Windows Phone, como roubar contatos, fazer upload de fotos de um aparelho sem autorização do dono, pegar dados privados de usuários, além de acesso a mensagens e etc?. Resta saber se tudo isso é feito com aplicativos mal-intencionados, que enganam o consumidor, ou somente explorando falhas do sistema.


Windows Phone 8 ganha primeiro malware pelas mãos de adolescente

?A Microsoft está ciente desta apresentação, mas nenhum detalhe foi compartilhado conosco. Como sempre, vamos investigar quaisquer problemas que possam ser revelados e vamos tomar as ações necessárias para proteger nossos consumidores?, explicou Dave Forstrum, diretor da Turstworthy Computing, explicando que a Microsoft já está atenta à palestra do menino.

Este não é o primeiro malware que o jovem hacker consegue desenvolver aproveitando falhas da empresa norte-americana. Em 2011, na mesma feira de tecnologia, o indiano demonstrou uma tática de invasão utilizando o reconhecimento gestual do Kinect.

Fonte: Tech Tudo