Xing Ling não: saiba por que um carregador falso é menos seguro

Xing Ling não: saiba por que um carregador falso é menos seguro

Em seu blog oficial, o engenheiro Ken Shirriff desvendou as principais diferenças entre um carregador verdadeiro e um falso

Não se engane ao comprar um carregador falso para o seu dispositivo pensando que ele vai suprir o lugar do verdadeiro ? e caríssimo ? acessório.

Curioso para saber quais as principais diferenças entre cada opção, o engenheiro Ken Shirriff resolveu desmontar ambos os acessórios da Apple e publicou os resultados obtidos em seu blog oficial.

Apesar do visual externo ser bem semelhante, as diferenças entre os carregadores chegam a assustar, já que, além da potência da recarga ser diferente, há também questões de segurança envolvidas.

Um ponto inquestionável é que o carregador da Apple possui muito mais isolamento, sendo que há isoladores de plástico entre alguns componentes. Na imagem abaixo, é possível notar visualmente as divergências entre os dois acessórios.


Xing Ling não: saiba por que um carregador falso é menos seguro

Enquanto o carregador original da Apple consegue oferecer 10 W, o falso alcançou pouco mais da metade desse número: apenas 5,9 W. Essa informação coletada por Shirriff demonstra que acessório falsificado demora quase o dobro do tempo para carregar completamente o dispositivo, se comparado com o componente original.

Segurança em primeiro lugar

É possível que muitos usuários já conheçam as disparidades entre os dois acessórios, mas o que realmente interessa é que, de fato, o carregador falso não é tão seguro quanto o original. As normas de segurança exigem um intervalo de pelo menos 4 mm entre os lados de alta e baixa voltagem que compõem qualquer transformador.

Enquanto o acessório da Apple oferece espaço de sobra ? 5,6 mm ?, o xing ling possui apenas 0,6 mm. O carregador verdadeiro ainda utiliza um fio de isolamento triplicado, enquanto o falso nem isolado é ? e ainda é revestido por uma fina camada de verniz.

Como os padrões de segurança são completamente ignorados durante o processo de fabricação do acessório falsificado, é natural que os riscos da peça pegar fogo são muito maiores e podem acabar trazendo prejuízos que vão além de colocar fogo no seu gadget.

Vale lembrar que os padrões de segurança dos acessórios xing ling não são deixados de lado apenas na fabricação dos carregadores da Apple; há diversos casos de acidentes com componentes de dispositivos com Android e Windows Phone, ou seja, a pirataria está em todos os gadgets!

Vale a pena ficar de olho e avaliar se realmente é interessante pagar menos por um produto falso que beira o medíocre.

Fonte: Tecmundo