Temporal rompe PI-459 novamente e deixa cidade de Betânia do Piauí isolada

Enquanto isso a população sofre e não sabe quem e quando os responsáveis irão resolver este grave problema.

Nesta quarta-feira (04/02) a região de Paulistana (PI) amanheceu com muitas chuvas, o que é motivo de alegria e alivio para o sertanejo principalmente nessa região do semi-árido piauiense, onde a carência de chuvas e muito grande. Por outro lado, nos últimos dois invernos um problema tem causado transtornos na vida dos moradores Betânia do Piauí e Queimada Nova e conseqüentemente também para a cidade de Paulistana.

Trata-se das principais vias de acesso aos dois municípios a PI/459 construída a menos de dois anos mais que já se encontra deteriorada em vários trechos e em outros rompidos, sem que houvesse nenhuma manutenção, problema esse que vem se arrastando a cerca de um ano, quando o primeiro trecho foi rompido e que apesar da grande repercussão em mídia nacional pelo fato de deixar a cidade de Betânia varias vezes no isolamento nada foi feito.

Nesta manhã de terça (03), quando varias pessoas que seguiam para a cidade de Betânia a trabalho tiveram que retornar, pois a trecho rompido na localidade “Laranjo”, a 5 km da cidade não dava passagem mais uma vez, pois estava tomado pelas águas dos riachos que passam no local.

Sem contar os trechos rompidos na localidade Riacho Meio a 5 Km da cidade de Paulistana, e da Aroeira a 21 Km de Paulistana, que vem causando grandes transtornos para a população da região, inclusive vários acidentes foram registrados nas proximidades dessas crateras. Enquanto isso a população sofre e não sabe quem e quando os responsáveis irão resolver este grave problema.

Fonte: FNoticias