Tentei de tudo para salvar o Chorão, diz ex-mulher Graziela

Tentei de tudo para salvar o Chorão, diz ex-mulher Graziela

Aos 41 anos, Graziela conta que tinha se separado do cantor há seis meses.

Graziela Gonçalves, estilista e ex-mulher de Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr, que foi encontrado morto nesta semana em seu apartamento em São Paulo, contou detalhes da vida do cantor e de seu relacionamento com ele a revista IstoÉ.

Aos 41 anos, Graziela conta que tinha se separado do cantor há seis meses. Sônia Abrão, prima do músico, chegou a afirmar que Chorão passava por um momento de instabilidade emocional devido à separação. Eles ficaram juntos durante 15 anos.

À publicação, a estilista disse que um dos motivos que pesou para o início do momento de depressão vivido pelo cantor foi a separação da banda, em 2005, ano em que a formação original começou a ser desfeita.

Ela ainda explicou que os dois não se separaram definitivamente, pois não houve pedido de divórcio, e muito menos deixaram de falar um com o outro. O problema foram as brigas ocorridas em decorrência da dependência química. "Tentei de tudo para salvar o Chorão", disse.

Graziela ainda revelou que o cantor vinha usando drogas há quatro anos e há um ano e meio, compulsivamente, e que a família já pensava em uma internação involuntária. Depois de uma tentativa frustrada, ela resolveu se afastar do marido.

? Faz quatro anos que ele voltou a cheirar. E de um ano e meio para cá ele passou a usar cocaína com mais intensidade. Achei que a separação seria a última tentativa para ele cair na real e ver que, se quisesse ficar comigo, deveria parar de usar.

Fonte: r7