Teresina adere ao mercado itinerante

Esses empreendimentos já foram taxados como sendo comidas de baixa qualidade, porém depois da crise de 2008, restaurantes e chefes tiveram que se adaptar a uma nova forma de atrair clientes

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUINTA-FEIRA (20) DO JORNAL MEIO NORTE

Fazer comida de rua deixou de ser trabalho restrito para a população mais carente, hoje grandes chefes apostam nos Food Trucks, ou vans itinerantes de comidas. Já em Teresina, seguindo as tendências de outras capitais, os food trucks são opções mais acessíveis, tanto para a população que procura uma comida rápida e saborosa, como também abre oportunidades para quem tem pouco dinheiro e deseja abrir o próprio negócio.

Esses empreendimentos já foram taxados como sendo comidas de baixa qualidade, porém depois da crise de 2008, restaurantes e chefes tiveram que se adaptar a uma nova forma de atrair clientes e ganhar dinheiro. Pois é na rua, calçada ou qualquer ambiente onde um furgão consiga acomodar-se, será ponto certo para ser um Food Truck.

Além de uma opção mais barata, essa ideia chegou a Teresina como uma necessidade de mudança, conta a funcionária de um desses negócios, Michele Vieira. “Sentíamos que havia necessidade por parte da população e trouxemos algo novo. Quem passa pela van fica admirada com esse formato”. Conta. E ainda o lucro também compensa. “É bom, conseguimos faturar”.

Repórter:  Daniely Viana

Fonte: Daniely Viana