Teresina mais quente e com pouca chuva em sua quarta seca consecutiva

Segundo a meteorologista Sônia Maria Ribeiro, a previsão e as estatísticas estudadas apontam um período de poucas chuvas.

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA SEXTA-FEIRA DO JORNAL MEIO NORTE.

Os teresinenses podem esperar por mais calor e menos chuvas. Esta já é a quarta seca consecutiva enfrentada pela população da capital, que deve se preparar para os incômodos trazidos pelo calor e pelo tempo seco, que tende a trazer consigo inúmeras enfermidades em razão da baixa umidade e dos ambientes fechados com ar-condicionado.

Segundo a meteorologista Sônia Maria Ribeiro, a previsão e as estatísticas estudadas apontam um período de poucas chuvas. A expectativa é que esta situação se arraste até abril, pelo menos. “Todos os meses nós fazemos essa previsão com meteorologistas de todo o Nordeste. E o que posso dizer é que teremos chuvas bem escassas esse ano. Estamos vindo de várias secas seguidas, então o solo, a vegetação e os reservatórios estão todos secos. Mesmo se tivesse chuva, ainda teríamos seca”, revela.

Quanto às temperaturas, os teresinenses devem esperar por um br-ó-bró antecipado. De acordo com Sônia, as temperaturas devem aumentar consideravelmente, entre 0,5ºC e 1ºC. “As temperaturas em Teresina serão ainda maiores, e devem ultrapassar os habituais 40ºC. Isso acontece em razão das condições oceânicas. As águas do mar estão muito quentes, o que colabora e muito com o calor”, atesta Sônia.

E o calor de Teresina traz consigo outras preocupações, como a incidência solar, por exemplo. Durante este período é fundamental o uso de bons protetores solares com fator de proteção solar elevado, chapéus, óculos escuros e roupas que protejam fisicamente a pele da radiação trazida pelos raios UV.

Fonte: Lucrécio Arrais