Infraç

Foram registradas 1.986 infrações durante o mês de agosto em Teresina

Segundo o Mapa Geral de Infrações de Trânsito, da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran), foram registradas 1.986 infrações durante o mês de agosto em Teresina. Destas, 1.529 se configuram como gravíssimas, 138 como graves, 46 médias e 273 leves.

A infração gravíssima mais cometida no mês de agosto foi ?conduzir moto sem capacete e sem acessórios de segurança?, representando 25,1% das infrações. Em seguida aparece ?dirigir veículo sem possuir CNH? com 24,8%. O valor da multa é de R$ 191,52 para estes tipos de ocorrências.

Já dentre as infrações graves registradas pela Ciptran, a mais incidente foi ?Conduzir veículo sem equipamento obrigatório/ineficiente ou inoperante?, com 118 notificações de um total de 138. A segunda infração mais cometida foi a falta do cinto de segurança. O valor a ser pago pelo motorista notificado nessas ocasiões é de R$ 127,68.

Para as infrações consideradas médias, o valor a ser pago pelo condutor é R$ 85,12. Na capital piauiense, em agosto, a infração média que apresentou maior ocorrência foi ?dirigir veículo com fones de ouvido de aparelho de som ou celular? e ?dirigir veículo com calçado inadequado?, que aparecem com maior ocorrência com 21 e 18 casos, respectivamente, de 46 no total.

E ?conduzir veículo sem documentos obrigatórios? continua a ser a infração leve mais cometida pelos motoristas em Teresina, somando 268 de 273 infrações notificadas pela Ciptran. Para infrações leves o valor a ser pago é de R$ 53,20.

Para diminuir estes números o Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran- PI) vem intensificando as blitze e ações educativas a fim de despertar a consciências dos condutores para as normas de trânsito e respeito às leis.

Fonte: Vicente de Paula