Teresina registra 80 focos de incêndios somente nesta quarta (12)

Por toda rodovia BR-316 existem focos de incêndio

Um incêndio de grande proporções atingiu a mata por trás da “Rodoviária dos Pobres”, na Ladeira do Uruguai, na BR-316, na zona Leste de Teresina, na tarde de quarta-feira (12). O fogo atingiu um dos estabelecimentos do local e se espalhou rapidamente. De acordo com o Corpo de Bombeiros do Piauí, Teresina registrou uma média de 80 incêndios nesta quarta em diversos pontos da cidade.

A proprietária de uma lanchonete Sonia Pereira Dias, informou que o Corpo de Bombeiros foi chamado e após duas horas ainda não tinha ido até o local. Ela disse que o o telhado do seu estabelecimento foi tingido, o forro caiu e a estrutura ficou bastante comprometida. “Nós tivemos que apagar o fogo com água mineral”, falou.

As pessoas que possuem pontos de vendas tiveram que controlar o fogo com baldes de água. O local ficou coberto por uma névoa de fumaça provocada pelo incêndio. Outro comerciante do local, Mateus Sousa, teve que subir no telhado para apagar o fogo. Mateus ainda conseguiu encontrar um Preá que morreu durante o incêndio.

Por toda rodovia BR-316 existem focos de incêndio que ameaçam atingir a mata do lado oposto da estrada.

Incêndios também foram registrados na zona Sul, Norte e Leste da cidade. Outro foco de incêndio também foi visto nas margens do Rio Parnaíba, no lado de Timon. Os carros dos Corpos de Bombeiros se espalharam pela cidade para tentar conter todas as chamas.

Na zona rural foram destruídos oito casas no povoado Cajazeiras, próximo da estrada que liga Teresina a União. Uma granja, comércio e residências foram atingidos, O proprietário da granja teve que contratar um carro-pipa para controlar o fogo já que o Corpo de Bombeiros foi chamado mas não apareceu.

Image title

Image title

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
Fonte: Com informações do Efrem Ribeiro