Teresina tem 32 mil pessoas com diabetes, diz dados da Secretaria Estadual de Saúde

Só em Teresina são 32 mil pessoas com a doença

A diabetes mellitus (DM) está entre as cinco doenças que mais matam, chegando cada vez mais ao topo da lista. Dados da Secretaria Estadual de Saúde mostram que o Piauí registra hoje cerca de 118 mil casos e, nos últimos três anos, já foram cerca de cinco mil mortes por causa da diabetes. Só em Teresina são 32 mil pessoas com a doença.

Esse é um problema crônico, marcado pelos altos níveis de açúcar no sangue. Indivíduos com diabetes correm alto risco de apresentar inúmeras complicações, por isso a necessidade de tratar esse problema. É uma doença metabólica caracterizada pelo aumento anormal de glicose no sangue. Embora ainda não haja uma cura definitiva, há vários tratamentos que podem melhorar a qualidade de vida.

“O numero de DM em todo o mundo é crescente, principalmente o tipo 2. Essa é uma doença crônica. O tratamento adequado, como medicação, atividade física regular e uma alimentação saudável é fundamental para um bom controle da doença e com isso a diminuição das complicações e uma redução da mortalidade”, alertou a coordenadora de Atenção à Saúde do Adulto e do Idoso, Gisela Brito.

Hoje, no Dia Mundial do Diabetes, os dados são preocupantes em todo o Brasil. De acordo com o Ministério da Saúde, no país, aproximadamente 6,8% da população a partir dos 18 anos têm diabetes , o que equivale a 7,6 milhões de pessoas. E aparecem 500 novos casos por dia. O diabetes tipo 1 e 2 juntos, atingem 10 milhões de pessoas.

Pessoas com idade acima dos 45 anos, familiares próximos com diabetes, sobrepeso ou obesidade, sedentarismo, pressão alta, colesterol elevado ou uso de medicações que aumentam a glicose no sangue, são pessoas com maiores riscos de desenvolverem o diabetes.

Clique e Curta Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Pollyana Carvalho