Termina em tumulto julgamento de acusados de assassinar extrativistas

Homem apontado como mandante do crime foi absolvido. Parentes e amigos das vítimas ficaram inconformados.

Foram mais de três horas de expectativa até que o juiz anunciou a sentença. Os jurados inocentaram o agricultor José Rodrigues Moreira, acusado de ter mandado matar os extrativistas José Cláudio Ribeiro e Maria do Espírito Santo.



De acordo com a sentença, o júri considerou que não havia provas suficientes para a condenação.

Os outros dois réus, acusados de assassinar o casal, foram condenados. Lindonjohnson Rocha foi acusado de duplo homicídio duplamente qualificado e recebeu pena de 42 anos e oito meses de prisão. Já Alberto Nascimento teve pena maior porque o júri entendeu que ele assassinou o casal por meio cruel. Ele foi condenado a 45 anos de prisão por duplo homicídio triplamente qualificado.

A absolvição do acusado de ser o mandante do crime provocou enorme tumulto no fórum de Marabá. Manifestantes chegaram a depredar a fachada do prédio.

Várias pessoas se exaltaram e a polícia reforçou a segurança. Na saída do plenário, também teve confusão, parentes e amigos das vítimas estavam inconformados.

Os advogados dos réus condenados vão recorrer da sentença.

O Ministério Público disse que vai apelar contra a decisão que absolveu José Rodrigues Moreira.

Fonte: G1