Termina hoje o prazo de inscrição para o novo Exame da OAB

No último exame, apenas 15% dos candidatos foram aprovados.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) encerra nesta segunda-feira (10), as 23h59, prazo de inscrições para mais um Exame de Ordem. As taxa de inscrição custa R$ 200. O V Exame de Ordem Unificado, como é chamado, terá a primeira fase (prova objetiva) no dia 30 de outubro e a segunda fase (prova prático-profissional) em 4 de dezembro. As inscrições podem ser feitas no site da OAB ou no site da FGV Projetos, responsável pela prova.

A inscrição pode ser paga no banco até o dia 11 de outubro de 2011, considerando homologada a inscrição com a efetivação do pagamento.

No momento da inscrição, o candidato precisa optar pela cidade onde fará o exame e pela área jurídica da prova prático-profissional. São elas: direito administrativo, civil, constitucional, do trabalho, empresarial, penal ou tributário.

Estará isento da taxa de inscrição, o candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou for de família de baixa renda. Nestes casos, o interessado deve preencher um requerimento disponível no site da OAB até as 23h59 do dia 1º de outubro. A relação dos pedidos de isenção deferidos será divulgada até o dia 4 de outubro, também pelo site.

A prova objetiva terá a duração de cinco horas e será aplicada dia 30 de outubro, das 14h às 19h. Serão 80 questões de múltipla escolha. Quem acertar o mínimo de 40 questões passa para a segunda fase. Na segunda fase, dia 4 de dezembro, o candidato precisa redigir uma peça processual e responder a cinco questões, sob a forma de situações-problema.

O resultado preliminar final será divulgado em 26 de dezembro, quando os candidatos poderão entrar com recursos. O resultado final sairá dia 16 de janeiro de 2012, segundo o edital.

Último exame teve 14,83% de aprovação

A OAB realiza três exames de ordem por ano. A aprovação é fundamental para os bacharéis em direito poderem exercer a advocacia. O último exame apresentou um aumento no número de aprovados na prova aplicada entre julho e agosto, depois de registrar o pior índice de aprovação da história (9,74%) no teste realizado em dezembro.

De acordo com o resultado preliminar divulgado na sexta-feira (23), um total de 18.223 (15,02%) dos 121.309 candidatos passaram no último exame. Na primeira fase, três questões foram anuladas e todos os candidatos receberam os pontos referentes a elas.

Já o resultado divulgado na semana passada é preliminar e ainda pode ser modificado. Segundo o secretário-geral da OAB, Marcos Vinícius Furtado Coelho, cerca de 2 mil bacharéis entraram com recurso pedindo revisão. O número final será divulgado em 4 de outubro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: g1, www.g1.com.br