Termina nesta terça-feira a realização da matrícula para segunda chamada do Sisutec em todo país

Termina nesta terça-feira a realização da matrícula para segunda chamada do Sisutec em todo país

No dia 29 as vagas remanescentes estarão disponíveis no site do Pronatec

Os candidatos convocados na segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) do Ministério da Educação devem providenciar a matrícula na respectiva instituição de ensino até esta terça-feira (27).

No dia 29 de agosto, até 16 de setembro, as vagas remanescentes estarão disponíveis no site do Pronatec. Neste caso, o estudante poderá concorrer tendo apenas concluído o ensino médio, mesmo que não tenha feito o Enem.

As instituições de ensino poderão iniciar as aulas do cursos participantes do Sisutec até o dia 21 de outubro.

Segundo o Ministério da Educação, o estudante deve procurar instituição de ensino em que foi aprovado, para saber o local, horário e procedimentos para matrícula.

O candidato pode entrar no site sisutec.mec.gov.br/selecionados e ver a lista de aprovados em cada curso. Ele também pode de entrar no site sisutecaluno.mec.gov.br e inserir o número de inscrição e a senha do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012.

Foram oferecidas 239.732 vagas gratuitas em cursos técnicos de diversas áreas. Segundo o ministro Aloizio Mercadante, 383.080 pessoas se inscreveram, em um total de 737.229 inscrições (cada estudante pode fazer duas opções de curso). Destas, 523.448 vieram de escolas públicas.

O processo seletivo será aberto duas vezes por ano, como no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para o ensino superior.

Neste semestre, as vagas são para 117 cursos técnicos com entre 800 e 1.200 horas de duração oferecidos por 586 instituições. Quase 200 mil das 239,7 mil vagas oferecidas nesta edição do estão em instituições privadas. Juntas, as instituições de ensino superior e as escolas técnicas particulares somam 197.343 vagas no processo seletivo lançado pelo Ministério da Educação, o equivalente a 82% das vagas.

Os cursos mais procurados foram os de técnico em segurança do trabalho, com 89.656 inscrições; técnico em informática, 71.850, e técnico em enfermagem, 63.976. Do total de inscrições, 57% foram feitas por mulheres. Os cursos noturnos tiveram a preferência.

Fonte: G1