29 mil pacientes de fora custaram R$ 37 milhões a Teresina em 2012

29 mil pacientes de fora custaram R$ 37 milhões a Teresina em 2012

O Estado do Maranhão é o que mais procura os serviços de saúde de Teresina, com um total de 5.035 pacientes.

Teresina recebeu, de janeiro a outubro de 2012, 29.059 pacientes de outros municípios do Piauí e de outros Estados, que foram atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), na capital. Os dados são da Fundação Municipal de Saúde e se referem apenas aos pacientes que precisaram de internações, ou seja, o número de pessoas de outros Estados que se beneficiaram dos serviços de saúde na capital chega a ser superior a esse.

O problema dessa alta demanda, segundo a coordenadora da Central Municipal Geral do SUS, Alduína Monteiro, é a falta de planejamento para receber estas pessoas, o que reflete inclusive na qualidade do serviço oferecido aos teresinenses. O número de pessoas da capital que receberam atendimento através do SUS foi de 42.964 pessoas, ou seja, o planejamento financeiro da Saúde do município teve como base essa demanda.

?Nós não queremos impedir que estas pessoas se tratem em Teresina, pelo contrário, não temos problema com isso.

O que nós queremos é uma regularização dessa vinda à capital. O ideal seria uma pactuação com os Estados de onde vêm estas pessoas, como o Maranhão, por exemplo, de onde a demanda de pacientes é maior. Não podemos negar que nosso planejamento é feito com base no número de teresinenses que procuram os serviços do SUS. Todas as outras pessoas que vêm até nós não estão no nosso orçamento?, pontuou Alduína.

O Estado do Maranhão é o que mais procura os serviços de saúde de Teresina, com um total de 5.035 pacientes dos 29.059 pessoas que vêm de fora de Teresina. Além do Maranhão, os paraenses também representam um número significativo de pacientes em Teresina, com 112 pessoas entre janeiro e outubro deste ano. Além dos dois Estados, outros municípios piauienses são os que mais engrossam essa lista de pessoas que vêm a Teresina procurar serviços de saúde no SUS, com um total de 23.734 pessoas, no intervalo de tempo referido.



Mais de R$ 37 mi são gastos com pacientes que não são de Teresina

Os pacientes de outros municípios e de outros Estados que vieram para a capital este ano, até o mês de outubro, custaram aos cofres da Prefeitura Municipal de Teresina a quantia de R$ 37.334.165. Só para os maranhenses que se utilizaram dos serviços do SUS, na capital, foram destinados R$ 7.097.357, em 2012. Os dados da FMS mostram que esse é o custo deles à capital, nos últimos três anos.

Segundo Alduína, já se tentou uma pactuação com o Estado do Maranhão, que é de onde vem o maior número de pacientes, quando se fala em pessoas de outros Estados que vêm a Teresina em busca dos serviços de saúde, mas ainda não se obteve sucesso. ?É complicado um Estado querer tirar verba destina à saúde desse Estado para outro.

Por isso e por outros motivos, como vontade política, por exemplo, ainda não conseguimos esse acordo?, argumentou Alduína.

?Teresina oferece um serviço de excelência, no que se refere à saúde e, além disso, nós temos muitas facilidades para pessoas de outros Estados, por isso somos tão procurados. No caso do Maranhão, tem também a proximidade de alguns de seus municípios com Teresina, como Timon, por exemplo. É bem mais difícil para um morador dessa cidade ir a São Luís (MA) do que para Teresina?, completou.

Fonte: Pollyanna Carvalho