THE: Faxina nos bairros já recolheu mais de 1400 toneladas de lixo

Só no último sábado (13), foram recolhidas 204 toneladas de lixo.

O sábado de mobilização nacional no combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da zika, dengue e chikungunya, foi marcado por mais uma etapa da Faxina nos Bairros, que percorreu a cidade em busca de focos do vetor. Em sete edições da operação, foram recolhidas mais de 1418 toneladas de lixo em 28 bairros da capital.

Só no último sábado (13), foram recolhidas 204 toneladas de lixo, das quais 50 foram na zona Leste, 66 na zona Norte, 31,5 na zona Sudeste e 55,5 toneladas na zona Sul. “Foi solicitado à população que depositassem todo o lixo doméstico, inclusive aqueles de grande porte que estivesse nos quintais que possam se tornar foco do mosquito”, explica Francisco Pádua, presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS). “No sábado, as equipes de limpeza das Superintendências de Desenvolvimento Urbano recolhem todo este material”, diz.

Desta vez foram contemplados os bairros Morro da Esperança (zona Norte), Colorado (zona Sudeste), Monte Castelo (zona Sul) e Porto do Centro (zona Leste). Mais de 500 servidores da Prefeitura de Teresina percorreram a cidade para recolher o lixo doméstico e informar a população sobre prevenção.

Além da limpeza, os agentes de endemias percorrem as casas fazendo um trabalho de orientação sobre como combater o mosquito. “Temos a função de educadores junto à comunidade. Todos precisam estar atentos aos nossos chamamentos para que possamos evitar as consequências graves das doenças transmitidas pelo mosquito, como a microcefalia”, disse Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da FMS. 

Desde dezembro do ano passado, com a assinatura do decreto de emergência sanitária pelo prefeito Firmino Filho, foram tomadas novas medidas para intensificar a luta contra o mosquito. A partir de agora, os agentes estão autorizados a adentrar imóveis para destruir focos do Aedes aegypti, mesmo quando o dono não for localizado ou o local estiver abandonado.

Faxina nos Bairros  (Crédito: Divulgação FMS)
Faxina nos Bairros (Crédito: Divulgação FMS)
Fonte: Com informações da Assessoria