Tom Ford estreia como cineasta em clima de mistério

Tom Ford estreia como cineasta em clima de mistério

Tom Ford estreia como cineasta em clima de mistério

Dizer que o americano Tom Ford é um dos maiores ícones da moda na atualidade não é exagero. O estilista, considerado responsável por tirar a Gucci da falência e colocá-la no topo, é sinônimo de elegância e sensualidade. Ele saiu da marca em 2005 e criou a Tom Ford, só para homens, onde seu estilo sobrevive (leia-se a alfaiataria impecável dos ternos Gucci que ele desenhava). No Brasil, suas peças podem ser encontradas na Daslu.

Agora, Ford ataca em outra direção. Seu primeiro longa, "A Single Man", estreia em setembro no festival de Veneza. A expectativa é imensa, já que Ford é conhecido como aquele tipo de talento que transforma tudo em que coloca a mão em ouro. A obsessão cinematográfica do estilista foi tão grande que ele abriu sua própria produtora para realizar a obra.

Conhecido como um ?self made man? (Ford nasceu no Texas, em uma família de classe média), ele usou seu estilo empreendedor para produzir o longa. Antes de tudo, comprou os direitos do livro ?A Single Man?, do escritor Christopher Isherwood, que conta a história de um inglês gay de meia idade que perde de repente seu parceiro. Faz sentido Ford ter escolhido tal tema, já que ele é um homossexual assumido e militante da causa pela união civil entre pessoas do mesmo sexo.

Para um estreante, Ford já começa abalando. Conseguiu para o elenco nomes de peso como Colin Firth e Julliane Moore. Ele assumiu a produção do filme e também o roteiro. Se o filme é bom? Todos apostam que sim, mas só pelo talento de Ford. O sigilo imposto por ele é absoluto. O estilista-diretor tomou todos os cuidados para que nenhuma informação sobre o filme vazasse do set - embora algumas fotos tenham sido publicadas em blogs - como se fosse uma coleção de moda que precisa ser lançada em segredo. A estreia será realizada dia 11 de setembro em Veneza. Com toda pompa e mistério. Ele falou à Vogue sobre o longa: ?O filme não é sobre moda. É uma adaptação do livro. Não falo muito sobre ele, porque o filme fala por si mesmo. Mas as pessoas vão se surpreender, porque não há sexo no filme. Alguns beijos e nada mais?, disse.

Fonte: AE