Torturado e enterrado vivo por traficantes, homem deixa cova sozinho no Ceará

O pedreiro, que está sob proteção policial, pode ter passado cerca de duas horas sob tortura


Um homem torturado e enterrado vivo por traficantes conseguiu sair sozinho da própria cova e pedir ajuda em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo o comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar, major Francisco Teófilo, o incidente aconteceu no sábado (14) e, pelo menos dois suspeitos foram identificados e são procurados.

De acordo com o major, o homem, que procurava trabalho como pedreiro na comunidade do Parque Leblon, foi confundido com um delator que, supostamente ajudou a Polícia Militar nas apreensões de armas e drogas na região. “Ele foi torturado e eles [traficantes] ficavam perguntando como a polícia encontrou a droga”, disse o major.

O pedreiro, que está sob proteção policial, pode ter passado cerca de duas horas sob tortura, segundo policiais. Ele sofreu enforcamento e foi enterrado com a cabeça para fora, até que desmaiou. Os suspeitos, segundo o major Teófilo, acharam que o homem estava morto e foram embora. “Ele conseguiu sair sozinho, em uma cova até o pescoço. E ainda conseguiu pedir ajuda na cidade”, conta. A PM faz buscas para tentar prender os suspeitos.

Fonte: G1