Correios: Trabalhadores se sentem inseguros e reclamam dos assaltos

Os funcionários já solicitaram medidas de proteção, mas nada foi feito.

Os funcionários dos Correios estão inseguros por conta dos constantes assaltos às unidades de atendimento. O medo ficou maior desde que a estatal passou a operar o serviço de Banco Postal, o que gera o temor de que os roubos venham a aumentar.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Correios, Edvar Soares, os trabalhadores já solicitaram medidas de proteção, como a disponibilização de segurança armada, instalação de portas giratórias e colocação de câmeras de vigilância.

?No entanto, nada ainda foi feito, pois a direção afirma que esse é um processo demorado, que é dispendioso para a estatal? A agência da 13 de Maio, por exemplo, após o assalto que ocorreu em dezembro não recebeu nenhum equipamento de segurança e nenhuma ação que dificulte o acesso de bandidos.

Lá, alguns carteiros foram afastados temporariamente por problemas psicológicos. O último assalto, como informou o presidente do sindicato, deu-se na cidade de Ipiranga do Piauí, no dia 28 de dezembro de 2011.

O sindicato informa ainda que a direção regional esclarece que as medidas precisam ser levadas à direção central, em Brasília, para que providências sejam tomadas. ?As providências de segurança pelo menos intimidam os ladrões, dificultando a ação deles?, finalizou Edvar.

Fonte: Dowglas Lima