Traficante usa vestido, unhas postiças e até se depila para fugir

Traficante usa vestido, unhas postiças e até se depila para fugir

reso usava batom, unhas postiças e estava depilado, diz investigador.

Um traficante de 39 anos fugiu da Delegacia Regional de Penedo, a cerca de 173 quilômetros de Maceió, vestido de mulher.

Preso havia um mês por tráfico de drogas, ele aguardava na carceragem da delegacia transferência para um presídio quando recebeu na manhã desta quarta-feira (4) a visita da mulher.

Segundo Carlos Welber, chefe de operações da delegacia, a mulher trocou de roupa com o traficante durante a visita, deixando com ele um vestido azul. Ela deixou o local usando outra blusa que havia trazido na bolsa e uma bermuda do marido.

Com o movimento de entrada e saída de familiares na delegacia da cidade, que tem cerca de 60 mil habitantes, o traficante conseguiu sair pela porta da frente vestido de mulher sem despertar a atenção dos policiais.

?Ele estava de peruca, unhas postiças pintadas, pernas e braços depilados e usando um vestido cumprido. Estava maquiado, de batom na boca. Havia preparado e premeditado a ação?, diz Welber.

O preso foi recapturado quando, ao deixar a carceragem, um investigador, já do lado de fora, suspeitou de jeito de andar e vestir e passou a segui-lo. ?Um agente nosso se aproximou dele na rua, quando o traficante chegava à rodoviária da cidade, e conseguiu detê-lo?, acrescenta Welber. Na rodoviária, dois suspeitos aguardavam em motos para a fuga.

Esta não é a primeira vez que o suspeito tenta fugir. Antes de ser transferido para Penedo, ele permaneceu alguns dias na cidade de São Sebastião, onde comparsas tentaram invadir a delegacia da cidade prédio para resgatá-lo. Cadeados foram cerrados e houve troca de tiros para impedir a fuga.

A carceragem tem capacidade para 32 presos, mas abriga atualmente 51. No horário da fuga, mais de 150 familiares estavam no raio de visitas. O delegado Rubem Natário afirmou ao G1 que a mulher disse ter sido obrigada a trocar de roupa com o marido e que desconhecia a intenção de fuga.

"Foi ele quem exigiu para ela trocar de roupa com ele e se produziu todo para fugir. Pelo menos é o que ela (a mulher do suspeito) nos contou. Não acreditamos, mas é a versão dela", disse. Novas medidas serão tomadas para prevenir que o incidente se repita, afirmou Natário.



Fonte: G1