TRE-PI vai usar 1.300 urnas nas eleições dos Conselhos Tutelares

Garantias legais na prática para vida das crianças e adolescentes.

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) já formalizou tratativas para a realização das eleições unificadas para a escolha dos representantes dos conselhos tutelares em mais de 160 municípios piauienses. No próximo dia 04 de outubro, ocorrerá o primeiro processo de escolha unificada de conselheiros tutelares em 5.564 municípios brasileiros e também no Distrito Federal.

Serão utilizadas mais de 1.300 urnas eletrônicas nesse processo para escolha de conselheiros tutelares em todo o Piauí. O TRE-PI é o Tribunal que contribuirá com o maior número de municípios parceiros na escolha de seus conselheiros tutelares.

O TRE-PI franqueou a todos os 224 municípios piauienses a possibilidade de utilização de urnas eletrônicas. Até o momento, mais 71,50% dos municípios piauienses optaram por realizar as eleições para as escolha de seus conselheiros tutelares com o suporte da Urna Eletrônica. Além de fornecer as urnas eletrônicas, a Justiça Eleitoral também colaborará com os municípios que farão uso de cédulas para a escolha de seus representantes, com o empréstimo das urnas de lona e com a geração dos arquivos contendo os cadernos de votação.

Para o Presidente do TRE-PI, Des. Edvaldo Pereira de Moura, trata-se de um projeto de grande repercussão social com repercussões para o fortalecimento da cidadania em nosso Estado, já que a Justiça Eleitoral contribuirá para a escolha dos responsáveis por zelar para que as garantias legais aconteçam na prática na vida das crianças e adolescentes.

Na última terça-feira (8), as urnas eletrônicas que serão usadas nas eleições de eleições conselheiros tutelares no Piauí começaram a ser preparadas, com a inseminação das mídias contendo os dados das eleições, finalizando todo o processo de preparação no dia 18 de setembro próximo. A Secretaria de Tecnologia da Informação realizará treinamento de dois representantes de cada município para a condução de todo o processo eleitoral.


Fonte: TRE