Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Acesse a versão para celular

Trecho da Avenida João XXIII é liberado após avanço da galeria

No próximo período chuvoso, a população já poderá contar com o serviço de drenagem

Compartilhe
Google Whatsapp

O cruzamento da Rua Miguel Arcoverde com a Avenida João XXIII, localizado entre a Solnascente e a Canadá Veículos, foi liberado para o tráfego após a conclusão dos serviços da galeria da zona Leste no local. O trecho havia sido interditado ainda no mês de dezembro em virtude dos avanços dos serviços da obra, que já ultrapassou pouco mais de um quilômetro de extensão.

Com investimento superior a R$ 49,4 milhões, recursos oriundos da Caixa Econômica Federal, com contrapartida da Prefeitura de Teresina. Atualmente, os serviços diminuíram em virtude do período chuvoso, mas prosseguirá normalmente nos próximos meses.

A construção da galeria pretende melhorar o escoamento das águas das chuvas para evitar alagamentos em vários pontos e, consequentemente, diminuir os transtornos para os moradores.

Na última quarta-feira (09), a obra foi visitada pelo prefeito Firmino Filho, que avaliou o andamento da execução dos serviços. “Depois do período chuvoso a obra cruza a Avenida João XXIII e vamos estender até a Avenida Kennedy. Ao mesmo tempo, teremos o início da microdrenagem. Essa obra é importante e é uma obra muito grande e onerosa, com dificuldades técnicas por conta do lençol freático, mas muito necessária para a região", explicou Firmino Filho. 

O superintendente João Pádua explicou que a construção da galeria está seguindo o cronograma dos serviços para que no próximo período chuvoso a população já possa contar com os serviços de drenagens. “Essa é uma obra de grande complexidade e, por isso, estamos atuando para dar o devido andamento dos serviços. Acreditamos que no próximo inverno, os transtornos causados pelas chuvas na região possam ser amenizados consideravelmente”, disse. 

“Estamos satisfeitos com o andamento da obra. As equipes responsáveis pela obra concluíram, recentemente, a colocação das estruturas pré-moldadas de concreto que compõem a galeria, na marginal da João XXIII até o cruzamento com a Rua Miguel Arcoverde. Após o período das chuvas, vamos dar prosseguimento aos serviços na marginal da avenida, que avançará mais 100 metros até a loja Jacaúna para então cruzar a João XXIII”, ressaltou o superintendente executivo e engenheiro, Ângelo Cavalcante.

Moradora da Rua Torquato Neto, no São Cristóvão, Ieda Fernandes Paz acredita nos benefícios que a obra trará para a região. “Toda mudança atinge as pessoas. Moro aqui há 13 anos e sei como é lidar com os alagamentos anuais aqui na rua e nas proximidades. Acredito que, apesar dos transtornos que iremos enfrentar com a construção da galeria, os benefícios serão maiores. Precisamos aceitar essa mudança que melhorará os problemas de alagamentos”, comenta.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto