Mais três helicópteros chegam a Cocal

Balanço da Defesa Civil afirma que cerca de 3 mil pessoas tiveram que sair de suas casas.

O governo do Piauí informa que mais três helicópteros devem chegar a Cocal nesta sexta-feira (29), para ajudar na busca pelas 11 pessoas que desapareceram depois do rompimento da barragem de Algodões e no resgate de famílias isoladas. As buscas foram retomadas nesta manhã.

A enxurrada provocada pelo rompimento da barragem de Algodões, na quarta-feira (27), arrastou casas, animais e pessoas. Já foram confirmadas quatro mortes. Balanço da Defesa Civil afirma que cerca de 3 mil pessoas tiveram que sair de suas casas.

Imagens registradas por um celular mostram o momento exato em que parte da represa cedeu. Em menos de uma hora, quase 50 bilhões de litros d"água desapareceram do reservatório. A água atingiu comunidades que vivem entre os municípios de Cocal e Buriti dos Lopes.

O agricultor Gabriel Sousa não teve tempo de salvar nada: os animais, que pastavam perto da barragem, foram arrastados pela água: ?Perdi gado, umas 15 ovelhas, galinhas e porcos?, lamentou.

Plantações inteiras foram destruídas e as casas foram arrastadas pela água. A força da água foi tanta que derrubou 17 postes de energia elétrica. O fornecimento foi suspenso na região e 30 mil pessoas estão sem luz.

Obra de contenção

Há 15 dias, a barragem Algodões encheu tanto que transbordou. A água provocou uma rachadura imensa entre o sangradouro e a parede da represa. Os engenheiros esperaram o nível da água baixar para começar uma obra de contenção.

Mas a barragem não resistiu a dois dias de chuva forte na cabeceira do Rio Pirangi. Ao todo, 120 homens do Corpo de Bombeiros atuam no socorro às vítimas. As buscas foram retomadas na manhã desta sexta.

Chuva no Ceará

Uma parte da água que chega ao Piauí é consequência de muita chuva no Ceará. O Ceará tem rios que fazem parte da Bacia de Parnaíba, que está concentrada no Piauí.

Tem chovido muito no Ceará, nos últimos meses, e o volume da água vai desaguar em outras regiões.

A barragem de Algodões recebe muita água do município cearense de Viçosa do Ceará. Lá, já choveu mais que o dobro do esperado para o período.

No total, 116 açudes estão transbordando no Ceará e os rios estão cheios. Segundo os técnicos da companhia de gerenciamento de recursos hídricos do estado, o aumento do nível dos rios pode ter contribuído para o rompimento da barragem no Piauí.

Fonte: g1, www.g1.com.br