Tribunal Regional Eleitoral absolve o prefeito Eudes Agripino, de Fronteiras

O gestor foi acusado nas eleições de 2012 de ter comprado votos ao distribuir dois mil sacos de cimentos

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) julgou improcedente o Recurso Contra Expedição de Diploma (RCED), protocolado contra o prefeito de Fronteiras, Eudes Agripino.

O gestor foi acusado nas eleições de 2012 de ter comprado votos ao distribuir dois mil sacos de cimentos, que foram doados pela fábrica Itapissuma. Os cimentos teriam sido doados para a construção de canais nos bairros Panorama, Cohab e Mutirão.

O advogado de defesa, Carlos Yury, sustentou que não havia nos autos nenhuma prova do suposto ilícito eleitoral e nenhuma testemunha que comprovasse a doação.

O prefeito segue no cargo exercendo seu mandato.

O relator do processo foi o juiz Valter Rebelo.

Fonte: Assessoria