Trump 'bate-boca' com jornalista em primeira entrevista coletiva

O republicano acusou a emissora de perseguí-lo

Em sua primeira entrevista coletiva, nesta quarta-feira, em Nova York,  depois de ter sido eleito presidente dos Estados Unidos, Donald Trump "bateu-boca" com um repórter da CNN.

O republicano acusou a emissora de perseguí-lo e de não fazer direito o trabalho jornalístico ao divulgar o  relatório de inteligência indicando que a Rússia teria materiais comprometedores contra o presidente eleito.

O jornalista tomou a palavra e rebateu Trump gritando que sua emissora estava sendo atacada e por isso ele exigia seu direito de resposta ao que o presidente eleito mandou que ele se comportasse.

Trump, ao finalizar a entrevista, fez uma piada com o jornalista referindo-se ao seu antigo programa de TV "O Aprendiz" e disse: "você está despedido".

O presidente eleito disse ainda que acredita que a Rússia possa estar por trás de ciberataques contra os Estados Unidos. Ele anunciou também a gerência das suas empresas para os seus filhos Donald Jr. e Eric Trump, para evitar conflitos de interesse.

Donald Trump, presidente eleito dos EUA
Donald Trump, presidente eleito dos EUA

No final da entrevista, Trump ainda fez uma piada referindo-se ao seu antigo programa de TV “O Aprendiz”: “você está despedido”, disse o presidente eleito ao jornalista. O presidente eleito disse também que acredita que a Rússia possa estar por trás de ciberataques contra os Estados Unidos. O republicano também anunciou que entregará a gerência de suas empresas para os filhos, Donald Jr. e Eric Trump, para evitar conflitos de interesse.

“Eu acho que foi a Rússia, mas acho que também somos hackeados por outros países, outras pessoas”, disse o republicano, mudando sua posição anterior em relação aos ataques, que resultaram na invasão de servidores do Partido Democrata. Segundo Trump, porém, os vazamentos poderiam ter sido evitados por melhores sistemas de segurança do partido.

Questionado sobre sua relação com o presidente russo, Trump respondeu: “Eu não sei se vou me dar bem com Vladimir Putin. Eu gostaria, mas não sei”. “Vocês honestamente acreditam que Hillary seria mais dura com Putin do que eu? Alguém realmente acredita nisso?”, acrescentou.

Fonte: msn